A+ A A-

Governador faz inspeção técnica na obra do Sistema Produtor São Lourenço

Da Redação

Com conclusão prevista para outubro de 2017, obra vai permitir a captação de 4,7 mil l/s de água, volume suficiente para atender 1,5 milhão de pessoas

As obras do Sistema Produtor de Água São Lourenço seguem a todo vapor. O governador Geraldo Alckmin realizou nesta segunda-feira, 1, uma inspeção técnica à maior obra hidrográfica do país.

Com conclusão prevista para outubro de 2017, o futuro sistema vai permitir a captação de 4,7 mil l/s (litros por segundo) de água, volume suficiente para atender 1,5 milhão de moradores dos municípios de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista. Desse total, cerca de 1,1 milhão são abastecidos pelo Cantareira.



"Aqui em Vargem Grande Paulista tem a grande ETA, a Estação de Tratamento de Água. Hoje nós estamos com mais de 2.500 pessoas trabalhando nessa grande obra, devemos ultrapassar 3.500 pessoas trabalhando até o final do ano. Vamos acelerar as obras para ter mais água de qualidade na Região Metropolitana de São Paulo e menor dependência do [Sistema] Cantareira", disse o governador.

O projeto prevê a construção da Estação de Tratamento de Água em Vargem Grande Paulista e reservatórios para armazenar até 125 milhões de litros d´água. Além disso, a Sabesp protocolou pedido na Aneel e no Daee para aumentar a outorga do futuro sistema para 6,4 mil l/s. Se for aprovado esse acréscimo, será possível abastecer mais 500 mil moradores de Santana do Parnaíba, Carapicuíba e Osasco, que hoje são exclusivamente atendidos pelo Sistema Cantareira.



A captação do São Lourenço acontece na represa Cachoeira do França, em Ibiúna. Serão instalados 83 km de adutoras (grandes tubulações), incluindo um túnel de 1.100 metros pela serra e uma passagem por baixo da Rodovia Raposo Tavares. Em parte do trajeto, os tubos chegam a ter 2,10 metros de diâmetro. Um dos pontos principais é o bombeamento da água para superar o desnível de 300 metros da Serra de Paranapiacaba.

Foram assentados mais de três mil metros de adutoras nos municípios de Ibiúna, Barueri e Carapicuíba. A previsão é entregar 26 quilômetros de adutoras até dezembro deste ano. A PPP (Parceria Público-Privada) São Lourenço é uma parceria das construtoras Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa e terá investimento de R$ 2,21 bilhões, em troca da operação do sistema por 25 anos.

Assista ao vídeo clicando aqui

Fotos: A2img / Ciete Silvério

Portal Viva Cotia - O maior site de notícias de Cotia e região

Os artigos, reportagens e comentários, não refletem necessariamente a opinião do Portal Viva e são de inteira responsabilidade de seus autores.
É proibida a reprodução, edição e publicação total ou parcial de todo o conteúdo do site, sem autorização expressa do Portal Viva.
É proibida a reprodução das fotos e/ou imagens do site, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Web, sem prévia consulta e aprovação, conforme lei nº 9.610 de 19/02/1998, que rege sobre o Direito Autoral e Direito de Uso da Imagem no Brasil.

Fotos© Portal Viva 2009-2020. Todos os direitos reservados.

Portal Viva Cotia: http://www.portalviva.com.br/
Email: contato@portalviva.com.br
Curta nossa página: facebook.com/PortalVivaCotia

Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/portalvivacotia/