Na próxima semana, Osasco fará parte do cenário olímpico. A cidade foi uma das escolhidas para participar do revezamento da Tocha Olímpica.

As ruas do centro e da zonal sul terão a maior parte do circuito. Já trecho final do revezamento e o evento de celebração oficial acontecerão na zona norte da cidade.

A tocha começa a circular às 15h11, no Km 18 (Av. dos Autonomistas) e às 19h02 chega ao seu ponto final, na Av. Brasil, ao lado do estádio José Liberatti, no bairro Rochdale, em um comboio da organização Rio 2016. A operação conta com o planejamento da Guarda Nacional, Polícia Militar, com seus dois batalhões, Guarda Municipal e Polícia Civil.

Farão parte do revezamento da tocha, mais de 100 condutores, entre eles os esportistas Luizomar Moura e Camila Brait, velhos conhecidos do vôlei osasquense. O prefeito de Osasco, Jorge Lapas, decretou ponto facultativo nas repartições públicas.

A Prefeitura e sociedade civil organizam os pontos de apoio e de manifestações culturais e esportivas durante o trajeto. Serão mais de 15 pontos, com participações de entidades, clubes e associações esportivos, escolas, motoclubes, igrejas católicas e evangélicas, empresas, clubes de serviços, movimentos sociais etc.

Serão 22 quilômetros de percurso, passando por: Av. dos Autonomistas (Km 18) próximo ao nº 5.000; Av. Santo Antônio, rotatória, saída para a R. Agop Kamalakian, Av. Esporte Clube Corinthians Paulista, R. Thomaz Gonzaga, Av. Alberto Santos Dumont, Av. Aluísio de Azevedo, Av. Antonio C. Costa, Av. Flora, Av. Valter Boveri, Av. Novo Osasco, Av. Hirant Sanazar/Bussocaba (Aurora Soares Barbosa), Av. Autonomistas (sentido Teatro).

Retorno: Teatro Municipal, Av. dos Autonomistas (Viaduto Metálico Reinaldo de Oliveira), R. Dona Primitiva Vianco, R. João Collino, R. Antonio Agu, R. Nossa Senhora de Fátima, Av. Santo Antonio, R. Dionísia Alves Barreto, Av. Santo Antonio, rotatória na saída para a R. Agop Kamalakian, Av. Visconde de Nova Granada, Viaduto Presidente Tancredo de Almeida Neves, e avenidas Getúlio Vargas, Paula Rodrigues e Brasil.

Dentro da sede do banco Bradesco, na Cidade de Deus, também haverá uma celebração e atividades especiais para funcionários e convidados.

Serão 101 condutores, 15 carros de apoio do comboio do Comitê Olímpico Brasileiro. A passagem da tocha contará, também, com a presença das autoridades mirins - prefeita e secretários -, crianças escolhidas dentre alunos da rede pública, conforme estabelece a Resolução da Mesa da Câmara Municipal de Osasco. Haverá ainda show com a cantora Mariana Fagundes no evento de celebração da tocha.

História
A chama olímpica saiu de Olímpia, na Grécia, no dia 21 de abril de 2016 e chegou ao Brasil no dia 27 de abril. O revezamento da tocha Olímpica Rio 2016, durará 95 dias, até o momento em que, no estádio do Maracanã, 5 de agosto, a pira será acesa. Serão 20.000 quilômetros de percurso terrestre e 10000 milhas aéreas, sem que o fogo se apague.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Câmara de Osasco
Foto: Ivo Lima/ ME - Fotos Públicas

Visitantes Online:

Temos 683 visitantes e Nenhum membro online