Na noite desta segunda-feira(25), as oito ginastas da equipe sênior de Cotia (acima de 16 anos) viajaram para o México para participar do 1º Campeonato Pan-Americano de Ginástica Estética de Grupo,

Em busca de medalhas, elas vão para a cidade mexicana de Mérida, onde representam a cidade e o Brasil entre os dias 27 e 30/09, ao lado de outras duas equipes brasileiras, de Santos e Francisco Morato.

Sonho, decepção e polêmica
O embarque, parcial, acontece em meio a uma grande polêmica sobre a participação das quatro equipes de ginastas no campeonato. O assunto ganhou as redes sociais e explodiu na grande mídia nos últimos dias, gerando vários comentários na cidade.

Um vídeo gravado em agosto deste ano, pelo prefeito Rogério Franco, e postado nas redes sociais, garantia o apoio à delegação para a competição esportiva, custeando as passagens de 30 atletas e 03 professoras. Porém repentinamente, as atletas souberam que não mais participariam do evento, pois a Prefeitura não havia ainda comprado as passagens, justificando que em função dos recentes acontecimentos no México (terremoto), a empresa Selfecorp Viagens Corporativas Ltda ME, declarada vencedora da licitação feita pela Prefeitura de Cotia, informou na última semana que não haverá possibilidade de comprar todas as passagens com o valor previsto na cotação feita em agosto (algo em torno de R$ 98 mil), uma vez que os preços, pós terremoto, saltaram em mais de 150%. "Por conta dos terremotos que atingiram o México nos dias 8 e 19/09 o número de voos chegando e partindo da Cidade do México foi reduzido e aeroportos fechados, situação que justificou o aumento no valor da viagem", disse a Prefeitura.

O fato causou tristeza e decepção entre as meninas e seus familiares, e acabou virando o assunto do final de semana em Cotia e região. Pessoas e grupos se mobilizaram então, para tentar arrecadar o dinheiro que faltava para custear a viagem das atletas. O que parecia impossível - arrecadar um montante alto em tão pouco tempo, acabou com um final feliz. Por intermédio de uma ação social promovida pelo grupo MulherAção Cotia, com o apoio da mídia, e a ajuda de diversas pessoas, o valor foi arrecadado em poucas horas, tornando possível o sonho do restante do grupo.

Com isso, as outras 21 ginastas e a técnica Zeza, embarcam às 05h30 desta quarta-feira para juntar-se às outras atletas. Segundo Zeza, com o grupo também devem viajar seis pais/mães das meninas, que compraram a passagem com recursos próprios.

Prefeito convoca a imprensa
Uma reunião no gabinete do prefeito Rogério Franco, antecedeu a viagem na manhã desta segunda-feira, onde ele aproveitou para lamentar a proporção negativa que o assunto tomou.

Rogério reclamou da divulgação feita nas redes sociais e chamou de "pessoas oportunistas" quem divulgou o vídeo de seu apoio de forma negativa nas redes. Segundo ele, essas pessoas viram neste episódio uma forma de explorar o sentimento das atletas e atacar o poder público municipal. “A prefeitura precisa trabalhar com os recursos que estão previstos, e para esta viagem tínhamos provisionado R$100 mil que seriam suficientes para as 33 pessoas, mas o custo da viagem, depois dos lamentáveis episódios, saltou para algo em torno de R$ 254 mil e a empresa que venceu a concorrência informou que não vai custear a diferença”, disse o prefeito.

A prefeitura, no entanto, para garantir a participação de Cotia no evento esportivo, determinou a ida de ao menos uma equipe, ou seja, oito atletas, totalizando o valor de R$ 50 mil. A partir daí, coube à equipe de treinadores, na pessoa da professora Zeza, determinar quem representaria Cotia. A equipe Sênior foi a escolhida pelo seu nível técnico.

No final da reunião, que contou com a presença da imprensa regional, Rogério Franco se comprometeu a doar o seu salário deste mês, para ajudar a custear parte das passagens do restante da equipe.

Observação: A reportagem do Portal Viva Cotia apurou que, quando o orçamento foi apresentado à Prefeitura de Cotia, em maio deste ano, ele incluía além das passagens, também as taxas de hospedagem, por isso o valor alto. Porém, segundo a técnica Zeza, o valor da hospedagem não está sendo bancado pela Prefeitura. Cada atleta vai pagar US10.00 (dez dólares) por dia e ficar em um alojamento. O custo será absorvido pelas doações recebidas.

Nota à Imprensa
Uma nota à imprensa foi encaminhada pela Prefeitura de Cotia por volta das 18h de segunda-feira.

"Oito atletas da equipe Sênior (adulta, acima de 16 anos de idade) embarcam para o México, na noite desta segunda-feira (25/09), com destino à cidade de Mérida, onde participam da 1ST AGG Panamercian Tournament (1º Torneio Pan-Americano de Ginástica Estética de Grupos).
A viagem foi viabilizada pela Prefeitura de Cotia ratificando o compromisso firmado pelo prefeito Rogério Franco com as atletas, em agosto deste ano. O anúncio foi feito pelo prefeito, pelo Secretário de Esportes, Lazer e Cultura, Givaldo Costa e, pelo Secretário de Governo, José Lopes, em seu gabinete, na manhã desta segunda-feira (25/09), com a presença das atletas da equipe Sênior, de alguns pais e treinadores.
Desde o dia em que o prefeito Rogério Franco foi procurado para que a prefeitura apoiasse as atletas, a administração municipal depositou seus esforços para viabilizar a viagem. Tanto assim, que no dia 1/08 o Departamento de Compras da Prefeitura de Cotia já realizava a primeira cotação de valores das passagens para as 33 pessoas, sendo 30 atletas e três treinadores, que seguiriam para a cidade de Mérida, para lançar a licitação.
No dia 18/09, a prefeitura revelou a empresa declarada vencedora da licitação estimada em um valor de R$ 100 mil (dotação prevista no Orçamento da Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer). No dia 20/09, foi publicada no Diário Oficial a homologação da “contratação de empresa para prestação de serviços de pesquisa de preços, reservas, emissões, marcações, remarcações, endossos e fornecimentos de passagens aéreas nacionais, internacionais e hospedagem”. A empresa declarada vencedora foi a Selfecorp Viagens Corporativas LTDA ME.
No dia 19/09, como é de conhecimento de todos, um forte terremoto de magnitude 7.1 causou grande destruição e centenas de mortes no México, apenas onze dias após o país registrar forte tremor de terra. Desde então, os preços das passagens aéreas saltaram em mais de 150% e voos para a Cidade do México, por conta do fechamento de aeroportos, foram reduzidos. Portanto, um dia após a prefeitura revelar a empresa vencedora da licitação, uma grande tragédia mudou todo o cenário inicialmente previsto, já que o custo das passagens passou para algo em torno de R$ 234 mil.
Após a catástrofe no México, que culminou com uma mudança drástica no comportamento do mercado de viagens aéreas, a empresa informou à prefeitura: “Efetuamos diversas buscas e tentativas para suprir e atender a necessidade da solicitação da Prefeitura de Cotia em levar o grupo de 30 atletas e 3 professores para Mérida-México. Devido à proximidade da data de embarque e dos recentes acontecimentos climáticos no país, infelizmente não conseguiremos prestar atendimento a esse grupo [...]”.
Mesmo preocupada com a situação que ainda persiste naquele País, uma vez que um novo terremoto de magnitude 5.7 voltou a atingir o México na manhã de domingo 24/09, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos, a Prefeitura de Cotia se sensibilizou com o apelo feito pela equipe de atletas, por seus pais, pelos treinadores e pela população, com forte apoio de alguns veículos de comunicação, e manteve o compromisso de custear a viagem da categoria Sênior.
“Fico feliz, pois achávamos que a Prefeitura não conseguiria enviar ninguém”, disse a treinadora Zeza. Ela explicou que o Torneio não é classificatório para nenhuma competição expressiva e nem define classificação no ranking da modalidade esportiva.
Diante dos fatos narrados acima, a Prefeitura de Cotia lamenta inverdades que circularam, na última semana e início dessa, dando conta de que o prefeito Rogério Franco não cumpriria o seu compromisso de enviar as atletas para o Torneio. Tamanha a sensibilização do prefeito em relação ao assunto, que se comprometeu a doar o seu salário deste mês, caso o grupo de mães que está se mobilizando para comprar as passagens para a categoria juvenil consiga adquiri-las por até R$ 1900 por atleta. “Pelo poder público não tem como fazer esta compra, teríamos que anular uma licitação e abrir outra, mas eu faço a doação do meu salário se vocês conseguirem essas passagens”, disse o prefeito. Uma vaquinha está em andamento, realizada pelas mães das atletas, e já alcançou o valor de R$ 18 mil (valor até esta segunda-feira (25/09).
Questionado sobre voos com escalas em outros países, o prefeito esclareceu que a licitação teria que ser anulada e uma nova aberta, já que a licitação realizada previa origem, Guarulhos e, destino, Cidade do México. “Ao ente privado é permitido tudo, desde que não fira a lei, ao poder público só é permitido o que a lei determina”, disse o prefeito ao falar das limitações burocráticas que envolvem um processo licitatório.

Sobre o Torneio - O 1ST AGG Panamercian Tournament (1º Torneio Pan-Americano de Ginástica Estética de Grupo) contará com a participação de 150 ginastas de quatro países. As competições acontecem no ginásio "Socorro Cerón Herrera" do Complexo Esportivo de Kukulcán.
A Prefeitura de Cotia tentou contato com a Prefeitura de Mérida, pois embora o torneio esteja mantido após os terremotos, gostaria de saber, entre outros, sobre a segurança de nossas atletas, mas até às 17h30, desta segunda-feira (25/09), não conseguiu retorno ao email enviado àquela administração pública e nem teve sucesso nas chamadas telefônicas."

Depoimento da técnica Zeza
Nossa reportagem conversou com Zeza, que falou um pouco sobre tudo o que aconteceu.

"Eu faço rodas de conversas sempre antes das competições. Nas últimas semanas, as meninas tem passado com uma terapeuta de grupo, que tem ajudado a gente nas questões de abordagem, dando uma preparação psicológica, e isso tem sido bem legal e tem ajudado muito nas tomadas de decisão, nos conflitos do grupo. A gente se preocupou muito com tudo isso antes de ir para um campeonato deste nível. É uma parceria voluntária da professora Ruth Martins", contou, falando da preparação das meninas.

"Ao meu ver, elas conheceram uma derrota antes de competir, mas elas foram buscando a vitória e já a alcançaram, antes de sair daqui. Isso vai vir de encontro com o que elas vão buscar, porque é na hora da dor que a gente conhece a força que tem. E as mães e as meninas, não deixaram a peteca cair. Ficaram o tempo todo com o celularzinho na mão, compartilhando a questão das doeações, pedindo ajuda na mídia, e essa ajuda veio. Foi uma das coisas que mais nos deu força, saber que não vai ficar ninguém prá trás!"

Zeza falou da resposta positiva que tiveram. "Aprendemos que temos pessoas muito boas na nossa cidade, que ainda procuram ajudar ao próximo. Com a ajuda de todos é possível. Vimos que as autoridades, independente dos seus partidos, se uniram em um bem maior", disse falando das doações que receberam.

"O prefeito abraçou a nossa dor, a dor das mães, e mesmo depois de tudo, ele estendeu a mão e nos ajudou no que ele pode. Ele também foi nosso parceiro de 50% disso tudo e eu tenho que agradecer, pois há muitos anos a Prefeitura dá o suporte ao meu trabalho e eu sou muito grata a tudo o que ela já me proporcionou."

E finalizou: "Nosso trabalho é construído com muito amor, a gente planta isso. A vida já dá muito espinho, então a gente tem que jogar um perfume lá no meio e plantar isso. A sementinha um dia vai crescer muito e virar um lindo jardim!"

Valor arrecadado
Vários posts nas redes sociais hoje comemoravam o sucesso da campanha de arrecadação, confirmando a viagem de todas as atletas. 

O Portal Viva Cotia deseja uma ótima competição à todas as ginastas! E que venham as medalhas!

Visitantes Online:

Temos 1079 visitantes e Nenhum membro online