27ª Sessão Ordinária teve ainda 16 Indicações e cinco Ofícios lidos, além do adiamento do Veto Parcial ao Projeto de Lei nº 22/2018

A Câmara Municipal aprovou o Projeto de Lei nº 36/2018, que determina o canto obrigatório do Hino à Bandeira e do Hino do Município de Cotia nas escolas públicas do Município. A propositura, de autoria do vereador Edson Silva (PRB), recebeu sete votos favoráveis na 27ª Sessão Ordinária e segue agora para sanção ou veto do Poder Executivo.

“A iniciativa visa fomentar o espírito patriótico nos estudantes, bem como o espírito de ordem. Estes fatores contribuem muito para o crescimento e disciplina educacional”, justificou Edson Silva.

A proposta vai de encontro da Lei Federal nº 12.031, de 2009, que tornou obrigatória a execução do Hino Nacional uma vez por semana nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental.

Durante a 27ª Sessão Ordinária também foram lidas 16 indicações e cinco ofícios (leia o resumo). O Veto Parcial ao Projeto de Lei nº 22/2018, previsto na Pauta, foi adiado por uma Sessão. O texto na íntegra das proposituras pode ser lido no Sistema Siscam.

Projeto lido e aprovado:
Projeto de Lei nº 36/2018 – do Legislativo – de autoria do Vereador Edson Silva - “Determina o canto obrigatório do hino à bandeira e do hino do município de Cotia nas escolas públicas do município de Cotia.” APROVADO POR 7 VOTOS

Projeto adiado:
Veto Parcial ao Projeto de Lei nº 22/2018 – do Legislativo – de autoria do Vereador Osmar Danilo da Silva - “Dispõe sobre a reserva de vagas em estacionamentos de shopping centers, centros comerciais, super e hipermercados para gestantes e pessoas com crianças de colo de até 2(dois) anos de idade, no âmbito do município de Cotia, e dá outras providências.” ADIADO POR 1 (UMA) SESSÕES

Foto: Fau Barbosa/Portal Viva Cotia

Visitantes Online:

Temos 718 visitantes e Nenhum membro online