Aconteceu na noite dessa sexta-feira(10), no espaço Laus Beer, no centrinho da Granja, a "1ª Degustação de cervejas para mulheres da Granja Viana".

Éder e Miranda cederam o espaço da Laus Beer para nossa degustação!

O evento fechado foi organizado pelas jornalistas Mariana Marçal e Fau Barbosa, que convidaram 40 mulheres formadoras de opinião, empresárias e mídia local, com o objetivo de provar que cerveja também é bebida de mulher.

Para conduzir a degustação, foi convidada a Beer Sommelier Carolina Oda, que deu uma verdadeira aula sobre cada rótulo degustado.

As organizadoras, a Beer Sommelier e os donos da Laus Beer.

"É um prazer muito grande estar aqui com tantas mulheres, já que normalmente é o contrário, a maioria são homens", disse Carolina ao abrir o evento.

A Beer Sommelier enfatizou que a cerveja tem tudo a ver com as mulheres, já que no passado era uma das tarefa do lar e a mulher era responsável pela cerveja. "A cerveja é feita com o lúpulo, que é uma flor, outro toque feminino", disse ressaltando que na bebida só é usada a flor fêmea da planta e foi uma mulher quem descobriu seu uso na cerveja. "Então a cerveja é super feminina", enfatizou.

Mrs Beer - 40 mulheres e uma única experiência!

Carolina citou ainda que hoje a mulher detém o poder de compra de quase tudo, em todos os setores, e que um evento como esse desperta um novo olhar para a cerveja. "Costumamos dizer que há vida depois da Pilsen. A cerveja que tomamos no dia à dia é uma gota no oceano do mundo da cerveja", explicou.

"Existem mais de 150 estilos de cerveja. Há cervejas amargas, cervejas doces, cervejas com frutas, cervejas que vão cerejas, sementes de coentro, ou chocolate. Também há cervejas super alcoólicas, então tem cervejas para todos os gostos", relatou, dizendo que não se pode dizer que não se gosta de cerveja sem provar no mínimo 50 estilos.

Carolina explicou que a cerveja tem quatro ingredientes básicos: a água, o malte, o lúpulo e o fermento.

"Hoje conseguimos adaptar a água de acordo com a receita que queremos fazer. O malte vai ser a base da cerveja e é o nome genérico que damos a um cereal que passou pelo processo de malteação, ou seja, podemos estar falando de cevada, de trigo, de aveia, etc", explicou, comparando o malte à germinação da semente do feijão: "Pegamos a semente - por exemplo da cevada - e colocamos em um lugar úmido para germinar. Quando ela começa a brotar, secamos. O malte é um cereal que começou o processo de germinação e parou".

Foi feita uma comparação do malte com o açúcar: "Todo mundo já fez um caramelo em casa. Ele começa branco e se a gente esquecer ele fica preto. Com o malte é a mesma coisa, temos vários níveis de torrefação. Se pegamos uma cerveja mais avermelhada, já se associa que ela pode ter um caráter mais caramelizado; uma cerveja mais "amarronzada", tostou o malte até um nível mais achocolatado. Então são vários tipos de malte com vários tipos de torrefação", explicou.

"Depois entra o lúpulo que é a flor que falei, que traz o amargor. Existem mais de 60 tipos de lúpulo. o Brasil não produz lúpulo po causa do clima, todo lúpulo utilizado aqui é importado. Os maiores produtores são USA, Alemanha, República Tcheca, Inglaterra, por que precisa de um dia longo, muita claridade e uma temperatura mais baixa", disse.

Carolina falou sobre a questão do amargor, que o brasileiro não gosta. "Amargor é uma evolução de paladar. Muitas de vocês vão tomar uma cerveja e dizer que é amarga. Ser amarga não quer dizer que seja ruim", explicou, dizendo que os grandes cervejeiros gostam de uma cerveja com o amargor mais intenso. "Depende do que você está comendo, cerveja harmoniza muito bem com comida".

Por último entra o fermento que vai transformar o açúcar do malte no álcool e no gás da cerveja. "Por ser um ser vivo, cada fermento trabalha de um jeito. Tem cervejaria que usa um fermento há mais de 100 anos, e se esse fermento morrer, a cerveja nunca mais vai ser a mesma, já que ele ajuda na característica da cerveja", explicou.

Experimentando cada uma...

A Beer Sommelier explicou cada rótulo, enquanto as mulheres degustavam, se surpreendiam e preenchiam a ficha de degustação.

"São seis rótulos. Alguns trazem bastante notas de malte, outros bastante notas de lúpulo, e outros vão trazer vários aromas característicos de fermentação. São apenas seis, dos 150 rótulos, então espero que esse evento sirva para encorajar vocês a experimentar e achar o caminho da cerveja", finalizou.

Fau Barbosa, Carolina Oda e Mariana Marçal realizam a "1ª Degustação para Mulheres"

Foram degustadas as seguintes cervejas:

1) Bernard Dark - 5.1% de álcool

Bernard Dark é uma cerveja escura, preta, produzida com cinco tipos de malte, bastante saborosa e com leve amargor. Suas notas levemente tostadas são vindas do malte.
A fermentação dura de 7 a 10 dias e a maturação, 40 dias.

2) Bernard Celebration - 5% de álcool

Desde o seu lançamento, em 1995 é considerada por muitos tchecos a melhor cerveja especial da República Checa. O sabor e o aroma são delicados. Passa por processo de microfiltragem, que substitui a pasteurização, e por refermentação na garrafa. É uma fonte de vitaminas do grupo B, enzimas, oligoelementos e biocatalisadores.
A fermentação leva de 7 a10 dias, a maturação 30 dias e a fermentação em garrafas, 7 dias.

3) Colorado Indica - 7% de teor alcoólico

Essa é uma cerveja tradicional da escola inglesa, mais conhecida como IPA – India Pale Ale, criada em 1752 para atender ao consumo do exército britânico durante suas longas viagens de guerra. Seu teor alcoólico e seu amargor são mais expressivos e funcionam como conservantes naturais. É composta por lúpulo inglês, malte convencional e tostado, o que justifica seu amargor e sua pigmentação mais escura. Seu processo de fabricação dura em média 28 dias.

4) Rochefort 8 - 9.2% de álcool

A Trappistes Rochefort 8 é uma cerveja belga trapista, do estilo Belgian Dark Strong Ale, produzida pela Abadia de Notre-Dame de St. Remy.
Coloração marrom, excelente creme bege, denso e persistente. Notas de torrefação, nozes, café, caramelo e algo cítrico. Final seco e levemente amargo. Aroma complexo. Carbonatação média/alta. Álcool muito bem equilibrado. Ótimo aftertaste. É das melhores cervejas do mundo.

5) Flying Dog - SAZONAL - Ranging Bitch - 8.3% de álcool
IBU: 60

Para comemorar os seus 20 anos, a Flying Dog fez uma Belgian IPA, com base na Snake Dog IPA, produzida com levedura belga El Diablo, mas com dry-hopping (adição de lúpulo a seco no final do processo) de lúpulo americano. Querendo unir EUA e Bélgica, o resultado foi uma cerveja bastante lupulada, mas com toques frutados.
Tem coloração âmbar, alaranjada, e aroma bastante complexo, com notas cítricas e frutadas, assim como aromas adocicados, que lembram mel, malte caramelado e tutti-frutti.

6)Malheur Brut - 11% de teor alcoólico

Produzida a partir da Malheur 10°, a Malheur Brut passa por fermentação na garrafa, utilizando-se o método original de champenoise (produção de champagne). O perlage é fino. O sabor é refinado e elegante. A cerveja é bastante aromática, forte, porém com delicada acidez e doçura.

Prêmios
GOLD AWARD – EUREKA BRUSSELS 2001
SILVER AWARD – WORLD BEER CUP 2008

Durante a degustação foram sorteados vários brindes cedidos pelos parceiros do evento - Laus Beer, Restaurante Trindade, Restaurante Emilia Romagna, Restaurante Tantra, Pétala Branca, Studio Vero, Balas de Chocolate e Casa di Regalo.

A degustação contou ainda com o patrocínio da Laus Beer, da Importadora Tarantino, da Cervejaria Colorado, e do Supermercado Pedroso.

O evento teve o apoio do O Zé Temaki, F&T Refeições e Le Quotidien que cederam os petiscos para a degustação. O Laus Beer além do espaço, presentou a todas com um delicioso bolinho de gergelim recheado com quatro queijos, e também cedeu todo o chopp Stella Artois.

Para os homens não ficarem com água na boca, a organização pretende fazer um evento voltado também ao público masculino, além de convidar outras mulheres que não puderam estar presentes na primeira versão!

Matéria e Fotos: Fau Barbosa

Veja Também

Fevereiro 11, 2020

Ainda dá tempo de se candidatar ao Cursinho Pré-Vestibular Gratuito de Cotia

in Educação by Redação
Os interessados têm até o dia 20 de fevereiro para se candidatarem a uma vaga.
Fevereiro 10, 2020

Mãe e filha sofrem sequestro relâmpago em Carapicuíba

in Segurança by Fau Barbosa
Segundo a Polícia, cinco indivíduos participaram do crime.
Fevereiro 10, 2020

Cotia: Parceria oferece curso online de finanças pessoais

in Educação by Redação
Inscrições gratuitas devem ser feitas no site do Banco Central
Fev 10, 2020 131

VGP: Prefeitura anuncia reajuste salarial a todos os servidores municipais

O reajuste de 12,84% para os servidores da educação e 10% para os demais servidores entra…
Fev 10, 2020 578

Asfalto cede e caminhão tomba em Cotia

Fato aconteceu no km 33 da Rodovia Raposo Tavares.
Fev 10, 2020 87

Cotia: Prefeitura realiza audiências públicas da Saúde (21/02) e da Fazenda (28/02)

As audiências são abertas ao público e acontecerão na Câmara Municipal.
Fev 10, 2020 143

Barueri registra um dos piores temporais de sua história e aulas estão suspensas no município

Uma forte chuva cai em Barueri desde a madrugada desta segunda-feira (dia 10).
Fev 10, 2020 132

Chuva inunda marginal e deixa São Paulo intransitável

Bombeiros recomendam que as pessoas evitem sair de casa. Rodízio de veículos está…
Fev 10, 2020 108

Oscar 2020: "Parasita" leva quatro prêmios

Pela primeira vez, a Academia premiou um filme não falado em inglês. "Parasita" derrotou…

Visitantes Online:

Temos 812 visitantes e Nenhum membro online