Na tarde dessa segunda-feira(18), o Portal Viva visitou as instalações do Copom - Centro de Operações da Policia Militar, em Osasco, onde funciona a central do 190.

A visita havia sido agendada por meio do Conseg (Conselho de Segurança) da Granja Vianna. Estiveram presentes na visitação: a Presidente do Conseg - Cristina Fowler, a Vice-Presidente Maria Goretti Camarano, a Diretora Social de Assuntos Comunitários - Fau Barbosa, e o Comandante da PM de Cotia, Capitão Odair Marcelo.

Ao chegarmos na CPA/M-8 (Comando de Policiamento de Área/Metropolitano-8), fomos recebidos pelo Coronel Comandante Cássio e pelo chefe do Copom, Tenente Givanildo. Ambos nos contaram como funciona o policiamento na região e o atendimento do 190.

Cap. Odair, Fau Barbosa, Coronel Cássio, Cristina Fowler, Maria Goretti e Ten. Givanildo

Segundo o Coronel Cassio, a PM conta com 100 mil homens distribuídos em todo o Estado de SP. A regionalização do Copom teve início em meados de 2006 e foi concluída em 2008.

"Até recentemente, quando se ligava 190, a ligação caía direto na Companhia responsável, que despachava a viatura", disse o Coronel. "Porém, isso consumia o efetivo das ruas, que ficava internamente, atendendo", explicou.

Ele nos contou que, com a digitalização do sistema em quase todo o Estado, houve a necessidade de se criar Copons regionais.

Aumento no número de ligações

Quando em maio de 2008 houve a conclusão do processo de regionalização e integralização do Copom de Osasco, foram registradas 178 mil ligações no mês de junho, que foi o mês subsequente a conclusão do processo. "E hoje em dia, mais precisamente no mês de abril de 2011, nós atingimos o pico de 247 mil ligações no mês", ressaltou, dizendo que depois de dois anos de regionalização, houve um aumento de mais de 50%", disse o Tenente Givanildo.

Quanto ao aumento do número de ligações, ele ressaltou que isso se dá também ao aumento da população na região sudoeste. "Somado a esse detalhe, aos poucos a população dos 15 municípios está tendo mais acesso ao serviço, o que acaba refletindo na procura do atendimento 190 da Polícia Militar", disse.

"E isso reflete de uma maneira indireta no nosso atendimento do serviço de emergência por que em virtude de algum município não ter um serviço adequado de socorro médico, assistência social e outros serviços, as pessoas acabam ligando 190. Esse atendimento vai empenhar um policial que poderia estar atendendo uma emergência", ressaltou.

O tenente nos disse ainda que muitos dos atendimentos feitos pela central são ocasionados pela falta ou falha de outros serviços públicos. "40% da nossa demanda é de ordem social e não policial", enfatizou.

O policial relatou ainda que o poder aquisitivo desses 15 municípios é bastante diferente, citando municípios grandes como Barueri e Cotia, e comparando com municípios pequenos, com pouca arrecadação, como Juquitiba, São Lourenço, etc.

Copom - 190

Fomos conhecer o Copom. São três salas de atendimento: na primeira fica a triagem, com 12 posições de atendimento. Na segunda, são feitas as escutas das gravações solicitadas por oficiais ou pela polícia civil, com os registros das ocorrências. E a terceira é onde as ocorrências são divididas pelo sistema (por Batalhão) para atendimento e direcionamento das viaturas, helicóptero águia, etc, com oito posições de atendimento.

Na Central 190, cada policial trabalha com sistema informatizado (SIOPM - Sistema de Operações da Polícia Militar). São atendidas ligações dos 15 municípios e nesse sistema é preenchida a tabela informatizada com os dados referentes à ocorrência.

Na primeira sala, um equipamento controla o fluxo de chamadas para o 190 (quantas ligações foram registradas na última meia hora e qual o nível de atendimento). "No máximo deve-se levar 3 minutos para efetuar o cadastro", informou. "Tem dias que num período de 30 minutos, há picos de 400 até 500 ligações", contou.

No início do atendimento, são confirmados alguns dados com o solicitante e principalmente o endereço. Isso faz com que o próprio sistema direcione a ocorrência para a cabine correta em uma outra sala. "O atendimento do 190 funciona como uma triagem", informou Givanildo.

O treinamento recebido pelos atendentes é focado em alguns aspectos principais para agilizar o atendimento. Não feitos três tipos de cadastros-base: crime, contravenção penal ou solicitação de outra ordem (questões sociais).

O Copom tem duas partes distintas: o atendimento e o despacho das viaturas. O 190 local atende 15 municípios. Todas as ligações são gravadas e tem como serem ouvidas, caso haja necessidade.  "Pode atender uma ligação de Cotia e em seguida atender uma de Pirapora do Bom Jesus", informou o tenente, dizendo novamente que nem sempre o atendente conhece o local.

Central de triagem do Copom 190 onde são coletados os dados das ocorrências

Quanto a reclamação de moradores de Cotia de que existe uma demora no atendimento do 190, por conta de muitas perguntas dos policiais, o coronel nos disse que quem atende a ligação precisa obter o máximo de informações possíveis, para poder despachar a viatura.

O policial recebe treinamento, mas eventualmente ele pode exagerar, pois em algumas situações, essas perguntas são para evitar trotes. "Infelizmente o número de trotes é alto", disse o tenente Givanildo, contando um caso já encaminhado ao Distrito Policial, de uma senhora que utiliza um telefone pré-pago e que, segundo levantamento, já efetuou mais de 1500 ligações para o 190.

"Também às vezes, por falta de experiência, ou por ser um soldado temporário que está atendendo, ele não conhece toda a região e acaba perguntando demais para poder direcionar corretamente a viatura", informou o coronel Cássio, dizendo que é difícil que o policial conheça todos os 15 municípios.

Durante nossa visita, uma ocorrência na Estrada do Morro Grande.

Sala de Gravações e de Video Conferência

A segunda sala é a sala onde são gravadas as solicitações vindas de delegados e as gravações em cadastros de ocorrências. "Tem muitos juízes que pedem", informou Givanildo. Nessa sala também fica o Sistema de Video Conferência, ainda pouco utilizado em Osasco.

Áudio sendo gravado e tabela com estatísticas de ligações no 1º semestre

O Tenente nos mostrou uma tabela com a estatística de atendimentos do 1º semestre. Nela pode-se observar o pico de ligações oferecidas (quem ligou 190), o abandono (ligações que não puderam ser atendidas) e ligações efetivamente atendidas pelo 190. "No último mês tivemos uma média de 77% de ligações atendidas".

Setor do despacho

"Esse é o setor onde tudo acontece", ressaltou. "É possível observar que em cada cabine há um número que identifica o Batalhão. A ocorrência que vocês viram cadastrar na Estrada do Morro Grande em Cotia, veio para cá", disse.

Sala do 190, dividida pelos Batalhões da PM e onde são despachadas as viaturas.

"De uma maneira simplificada, o atendente consegue visualizar a ocorrência que está codificada e resumida, para que seja tomada a providência necessária e o despacho de viatura ou do helicóptero Águia, conforme a necessidade.

PM Sidney é o responsável por despachar as viaturas e o helicóptero Águia.

Ocorrências são direcionadas pelo sistema como U (urgentes), N(normais) ou A(alerta)

Utilização incorreta

Muitas pessoas ligam 190 para pedir telefone de delegacias ou de outros órgãos públicos. A instrução é que os policiais não deixem de atender a solicitação, mas que informem que esse número deve ser utilizado para emergências, e que o número correto para esse tipo de informações é o 102.

"O 190 deve ser utilizado para situações que estão ocorrendo ou acabaram de ocorrer", explicou.

Os demais casos que envolvam outro tipo de situação ligada a atuação policial militar (como denúncias, suposições, etc), a pessoa deve utilizar o 181.

Matéria e Fotos: Fau Barbosa

Veja Também

Fevereiro 13, 2020

Projeto Âncora: Carta do mês de fevereiro

in Ações Sociais by Redação
É uma emergência! Se você nos apoiar, o Âncora conseguirá passar por esta crise e completar 25 anos!
Fevereiro 13, 2020

Cotia: Evento contou com palestras de empoderamento para mulheres empreendedoras

in Mulher by Redação
O maior programa de capacitações em empreendedorismo feminino no Brasil promoveu, no dia 11 de fevereiro, mais uma turma no município
Fevereiro 12, 2020

Cotia: Vereadores aprovam dois projetos importantes na Câmara

in Cidades by Redação
CataTreco e Proibição de uso, comercialização, distribuição e produção de Cerol ou produtos semelhantes foram aprovados nessa terça-feira
Fev 12, 2020 135

Sanofi abre inscrições para Programa de Estágios

A Sanofi, maior multinacional farmacêutica do mercado brasileiro, está com inscrições…
Fev 11, 2020 187

Projeto Educando formou 2500 alunos em 2019 e inicia as turmas do 1º semestre deste ano

O foco da iniciativa é fortalecer os jovens contra as drogas, a violência, o bullying,…
Fev 11, 2020 192

Ainda dá tempo de se candidatar ao Cursinho Pré-Vestibular Gratuito de Cotia

Os interessados têm até o dia 20 de fevereiro para se candidatarem a uma vaga.
Fev 10, 2020 399

Mãe e filha sofrem sequestro relâmpago em Carapicuíba

Segundo a Polícia, cinco indivíduos participaram do crime.
Fev 10, 2020 169

Cotia: Parceria oferece curso online de finanças pessoais

Inscrições gratuitas devem ser feitas no site do Banco Central
Fev 10, 2020 157

VGP: Prefeitura anuncia reajuste salarial a todos os servidores municipais

O reajuste de 12,84% para os servidores da educação e 10% para os demais servidores entra…

Visitantes Online:

Temos 514 visitantes e Nenhum membro online