Acompanhamento de saúde deve ser feito até o dia 31 de dezembro e está entre as exigências do Governo Federal para continuidade do benefício

O acompanhamento de saúde está entre as exigências do Governo Federal para a manutenção do pagamento do Programa Bolsa Família e, no dia 31 de dezembro, termina o prazo para as famílias beneficiárias comparecerem à Unidade Básica de Saúde mais próxima e realizarem a atualização dos dados. O prazo começou em 13 de agosto e quem não atender à esta condicionalidade poderá ter o benefício bloqueado em 2019.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Cotia, apesar do amplo período para as famílias fazerem o acompanhamento, o acompanhamento de saúde dos beneficiados ainda está baixo. “É importante que as famílias compareçam à UBS para evitar o transtorno de ter o benefício bloqueado. O atendimento é rápido e não precisa ser agendado”, disse Magno Sauter, Secretário de Saúde.

O pagamento do benefício está atrelado a diversos pré-requisitos e condicionalidades que devem ser cumpridas pelas famílias contempladas. O atendimento de requisitos nas áreas de Saúde e Educação são obrigatórios como: apresentação de frequência escolar de 85 % para crianças e jovens de seis a 15 anos de idade, vacinação atualizada, acompanhamento nutricional das crianças menores de sete anos e o pré-natal nas gestantes. Os beneficiários devem levar cartão SUS, cartão vacinação, carteira pré-natal da gestante

Foto: Vagner Santos

Visitantes Online:

Temos 942 visitantes e Nenhum membro online