Quevedo ficou famoso pelo seu bordão de sotaque carregado: “Isso non ecziste”!

Morreu, nesta quarta-feira (9), Padre Quevedo, aos 89 anos. Ele será sepultado na quinta-feira (10), no cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte, Minas Gerais. As informações são da Rádio Jovem Pan.

Quevedo ficou famoso na década de 90, quando participou de diversos programas na televisão em que debatia com médiuns, pastores, ufólogos, ateus e curandeiros. Ele trazia uma explicação científica para os feitos ou tentava copiar a ação dita mediúnica.

Com o bordão de sotaque carregado “Isso non ecziste”, o Padre jesuíta, que tinha como nome de batismo Oscar González-Quevedo, ganhou um quadro no programa Fantástico, com o quadro “O Caçador de Enigmas”. A série foi finalizada nos anos 2000.

Nascido em 1930 em Madri, na Espanha, ele se naturalizou brasileiro em 1960. Foi professor universitário e colecionou graduações: filosofia, teologia, humanidades clássicas, parapsicologia. Quevedo foi autor de 17 livros.

Da Isto É 

Visitantes Online:

Temos 715 visitantes e Nenhum membro online