Na virada do ano, enquanto muitos estarão comemorando a chegada de 2011 com amigos e familiares, o Impostômetro vai marcar a cifra recorde de R$ 1,27 trilhão em impostos pagos pelos brasileiros em 2010.

Nesta quarta-feira (29), o Impostômetro mostrava que os brasileiros já pagaram R$ 1,26 trilhões ao longo deste ano.

O valor representa um crescimento de 15,9% frente à arrecadação de 2009, segundo informou o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário) nesta quarta-feira (29).

“O motivo para uma carga tributária tão alta em 2010 se deve ao crescimento econômico, à redução da sonegação fiscal, por meio da Nota Fiscal Eletrônica e Sped Eletrônico, e à forma como os tributos são cobrados no Brasil, um verdadeiro efeito cascata”, observa o presidente do IBPT, João Eloi Olenike.



A marca de R$ 1 trilhão em impostos pagos foi ultrapassada pelo terceiro ano consecutivo. Neste ano, ela foi atingida no dia 26 de outubro, 49 dias antes do que em 2009 e 50 dias antes do que em 2008.

O Impostômetro é uma ferramenta eletrônica desenvolvida pelo IBPT, em parceria com a ACSP (Associação Comercial de São Paulo), que calcula em tempo real o valor arrecado pelas três esferas do governo (federal, estaduais e municipais).

Ele foi inaugurado em 2005 e pode ser acompanhado pela internet.

Da Redação com o G1

Visitantes Online:

Temos 891 visitantes e Nenhum membro online