Desde que uma parte da Av. São Camilo foi recapeada há dois anos, nunca mais nada foi feito.

Apesar do recapeamento - na parte de Carapicuíba - ter ficado muito bom, não foram pintadas as faixas nem colocada nenhuma sinalização na via.

 

A falta de iluminação adequada também é outro fator que incomoda quem trafega por ali, pois a via é sinuosa e não oferece segurança. O mato cresce e invade as calçadas, fazendo com que as pessoas tenham que andar na avenida.

Mato toma conta das calçadas, no trecho de Carapicuíba

Cavalos soltos pela avenida são outro perigo, e já causaram acidentes (veja matéria), porém continuam andando por ali, sem que ninguém tome uma providência.

Cavalos soltos ameaçam motoristas. Vários acidentes já aconteceram por causa deles.

Novo trecho recém duplicado também tem cavalos soltos mais a frente, na avenida.

Durante a obra de recapeamento, as lombadas existentes foram retiradas, o que fez com que a aceleração dos veículos aumentasse. Mas com tantos problemas para serem resolvidos ainda, a Prefeitura de Carapicuíba resolveu primeiramente colocar câmeras para flagrar os motoristas mais apressados e multá-los.

Por conta disso, muitas reclamações tem chegado ao Portal Viva/Mais Conteúdo e inúmeros protestos circulam nas redes sociais locais. A velocidade permitida ali é de 40 km/h, e segundo os moradores da região "é um absurdo, pois a câmera está em uma curva".

Radar está instalado a poucos metros da curva, e em uma leve descida.

O tal radar está localizado em frente ao nº 2.500 (Anglo), bem na calçada da clínica Verbo Amar. "A câmera fica escondida por trás das árvores para quem vem da Fazendinha, e está logo após a curva, cerca de 50 metros após a placa que indica os 40km/h", diz uma reclamação de quem já foi flagrado.

Para os moradores, o local one está o radar é inadequado, pois não é ali a parte de maior aceleração da via, ou seja, a velocidade na avenida continua, aumentando a chance de acidentes.

"Se o objetivo é dar maior segurança a quem trafega, não seria mais simples, fácil e econômico recolocar as lombadas ao longo da avenida? A câmera não reduz a velocidade dos carros e caminhões que passam por ali", diz a carta de um leitor. "Será que o valor do IPTU das casas, restaurantes e outros comércios ao longo da Av. São Camilo não é suficiente para fazer um trabalho de recapeamento bem feito, como foi feito na segunda metade da via?", conclui a carta, perguntando ainda se "não é para a manutenção das vias, do calçamento, da rede de esgotos, da remoção do lixo que todos nós pagamos o imposto?".

Divisa de Carapicuíba/Cotia

Na Avenida São Camilo nem é necessário ter placa identificando onde fica a divisa de município. Essa identificação é pública e notória, basta ver a situação do asfalto, que está cheio de buracos, e do lixo despejado do lado de Cotia, ali há mais de 2 meses.

Divisa dos municípios virou palco de desova de lixo e entulho. A quem reclamar?

A quantidade de buracos é enorme e aumenta a cada chuva. Os tapa buracos não resolvem. Outro problema é o cruzamento da Avenida São Camilo com a Rua José Félix de Oliveira, "no bico" do condomínio Palos Verdes. Vários acidentes acontecem ali, além do stress de quem quer atravessar a "muvuca" nos horários de pico e acaba passando nervoso.

Cruzamento da José Félix com a São Camilo: no horário de pico a foto é bem diferente!

Uma solução viável seria uma rotatória, mas segundo o Secretário de Trânsito de Cotia, Claudio Olores, teriam que ser desapropriados pedaços dos quatro terrenos ali. A idéia de um semáforo chegou a ser cogitada, porém alguns moradores protestaram contra.

Mas os problemas não acabam por aí. "Há ainda o problema de pontos de alagamento onde não há escoamento, problemas que inclusive já causaram acidentes graves, e também das festas no Celeiro da Granja, onde há menores bebendo e barbarizando a avenida na madrugada", diz outro leitor.

Excesso de água na pista causou acidente em pleno domingo.

Caminhões são também alvo de reclamação de quem trafega por ali. Pesados, eles circulam livremente em todos os horários, em uma avenida estreita e sinuosa, chegando a causar inúmeros congestionamentos, principalmente quando estacionam para descarga ou quando dão de cara com algum ônibus no outro sentido, travando a via.

Flagramos congestionamentos e acidentes com caminhões durante o dia

"Está na hora da Prefeitura tomar uma atitude e proibir o acesso desses caminhões que vão para Carapicuíba. Eles que entrem por Carapicuíba e não por Cotia, pois acabam com o nosso asfalto", diz uma leitora.

Respostas das Prefeituras

Carapicuíba

O Portal Viva/Mais Conteúdo conversou com o Prefeito Sergio Ribeiro na última semana, durante um café da manhã para cerca de 60 pessoas, na Associação Comercial de Carapicuíba. Com relação aos problemas citados acima, o prefeito prometeu melhorias sólidas para os usuários da Av. São Camilo. Segundo ele, foi contratada uma empresa para implantar a sinalização horizontal na via, e o projeto está em andamento. Com relação ao radar, o prefeito disse que ele foi uma solicitação dos moradores e dos comerciantes locais, e quanto à velocidade, nos informou que vai aumentá-la para 50km/h.

Questionado sobre as reclamações das festas no Celeiro da Granja, nos finais de semana, Sérgio disse à nossa reportagem que o local já foi notificado e autuado. "Segundo o que sei, a casa vai ser desativada em breve e vai se transformar em outra coisa", disse o prefeito.

Cotia

Também conversamos com o Secretário de Obras de Cotia - Benedito Simões, que informou à nossa reportagem que a Avenida São Camilo na parte de Cotia deve ser toda recapeada ainda em 2011. "Junto com o recapeamento será feita toda a sinalização", disse Simões. Segundo ele, o prefeito Carlão Camargo esteve recentemente com o Secretário de Transportes Jurandir Fernandes, para solicitar a realocação dos recursos dos convênios do ano passado. "Se isso não for possível, Prefeitura de Cotia vai fazer a obra com recursos próprios", ressaltou.

Conclusão

"A Av. São Camilo era uma das avenidas mais bonitas da Granja, mas agora temos radares com velocidades estúpidas, animais soltos causando acidentes, aos finais de semana carros estacionados nas calçadas...são muitos carros causando transtorno ao trânsito... vc vem à noite preocupado com a segurança e quando vê tem um carro manobrando no meio da São Camilo nos arredores do Celeiro da Granja...depois de tudo isso eu pergunto: Onde está a polícia, onde estão as autoridades???", diz um morador em uma rede social.

A comunidade espera realmente que ações pontuais sejam realizadas (e logo), em prol de todos que moram e trafegam ali e que não aguentam mais tantos problemas, vindos em tão pouco tempo, por pura falta de planejamento no crescimento do bairro!

Fau Barbosa

Visitantes Online:

Temos 456 visitantes e Nenhum membro online