Leitor reclama do estado de conservação da Estrada das Piteiras, no Caiapiá. Estrada já tem cinco protocolos registrados na Prefeitura, pedindo providências.

"Sou morador do bairro do Caiapiá e utilizo a Estrada das Piteiras diariamente, porém, tal estrada está com seu estado de conservação deplorável. A citada estrada começa no entrocamento da estrada Carlos Antônio Pereira de Castro e termina na Estrada das Pitas. Ela possui um pedaço de asfalto que vai do entrocamento citado até a frente do Condomínio Colinas de São Fernando, e depois a estrada passa a ser de terra até encontrar a Estrada das Pitas. O pedaço asfaltado está com crateras enormes, colocando em risco a vida das pessoas que por lá trafegam, pois inexiste sinalização no local, e em um trecho especifico a via virou uma única mão, tendo em vista que a erosão levou parte da pista. No pedaço de terra da estrada, inexiste escoamento de água, motivo pelo qual qualquer chuva na via, faz com que apareçam enormes buracos, dificultando muito o trafego no local.

Embora tal situação já tenha sido retratada à Prefeitura várias vezes nos protocolos 8.616/2017, 11.155/2017, 11.157/2017, 14.730/2017 e 3.853/2018, até o momento não foi realizando o procedimento de tapa buracos, nem tampouco o asfaltamento ou a drenagem no local.

Uma vez que a situação da estrada tem colocado em risco a vida dos seus usuários, torna-se necessário urgentemente a realização de obras no local, uma vez que a Prefeitura até agora nada fez. Ultimamente tem surgido um boato que tal estrada será asfaltada, mas a Prefeitura não confirma essa informação.

Rogo a este jornal para que ajude a população do Caiapiá a resolver esse problema que afeta a todos."

Att.
David Cardoso

N.R. Cópia desta reclamação foi encaminhada à Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cotia, em 11/09/2018.

Resposta da Prefeitura

"Segue retorno da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos.

Informamos que foram assinados 2 termos de ajustamento entre a Prefeitura e a empresa MMRN Consultoria Administrativa Ltda, responsável pelo empreendimento Reserva das Pitas. Em um dos termos, essa empresa se responsabiliza pela recomposição da pavimentação asfáltica, no trecho entre o empreendimento e o local de descarte de terras (Estrada Fernando Nobre). Já no outro termo, ficou ajustado uma parceria entre as partes, onde a Municipalidade vai implantar sistema de drenagem na Estrada das Pitas e a MMRN vai ceder os materiais para a pavimentação asfáltica da Estrada das Pitas, no trecho entre a Estrada da Roselândia e a Rua Vale do Sol, e de trecho da Rua Vale do Sol, e a Prefeitura cederá mão de obra e equipamentos para essa finalidade."

Comunicação Social - Assessoria de Imprensa

 

Visitantes Online:

Temos 392 visitantes e Nenhum membro online