O domingo à noite no Condomínio Vila Verde no km 36 (mais conhecido como Transurb) foi de terror total.

Nada se comparado às fortes chuvas do Rio de Janeiro, mas que deu para sentir  na pele "um trailer" do que poderia vir a ser uma tragédia, isso deu.

Chuva forte, relâmpagos que faziam o céu ficar totalmente claro como o dia, sem parar. Trovões, árvores se envergando para todos os lados pela força do vento e total falta de energia elétrica. Podemos dizer que foi um verdadeiro "caos".

Nada se podia ver pelas janelas pois a chuva era intensa, depois os clarões dos relâmpagos nos remetiam aos filmes de terror, o pânico e a preocupação era visível no rosto de todos. Uma experiência bastante desagrádavel após tanta calamidade vista nos noticiários de TV.

Como é habitual em nossa cidade, quando tem chuva não tem luz. E dessa vez não foi diferente. Moradores do Vila Verde, um residencial com 700 casas e ecológicamente correto ficaram por 25 horas sem luz.

Nesse período faltou também água, telefone e algumas ruas ficaram obstruídas pelas árvores que caíram com a tempestade. Fios quebrados, galhos e árvores caídas.

Até poste caiu com tamanha força do temporal. Uma manhã de muito trabalho para os funcionários e moradores que acordaram nesta segunda feira limpando suas ruas, calçadas, casas e carros. Anexo fotos do dia seguinte ( segunda feira pela manhã).

Funcionários da Eletropaulo passaram o dia dentro do condomínio tentando reestabelecer a energia para os moradores, conseguindo êxito somente às 22hs, depois de 25 horas de falta de energia na região.

Precisamos cuidar melhor do planeta e assim tentar evitar tantas catástrofes, porém devemos também pedir aos prefeitos da região que não sejam tão "simpáticos" com a Eletropaulo, que deixa sempre a desejar pelos serviços realizados a nossa carente população.

Em época de chuvas a Eletropaulo deve manter um efetivo maior nas ruas tanto de funcionários como de viaturas. Será que a Eletropaulo um dia nos dará exemplo de serviço prestado a população? Quem viver verá!

Renato Ferraz

N.R. Cópia dessa carta foi encaminhada à Assessoria da Eletropaulo e à Prefeitura de Cotia em 25/1/11

Visitantes Online:

Temos 525 visitantes e Nenhum membro online