Uma cena de perigo tem deixado os moradores do Jardim Pioneira preocupados.

"Ali na Estrada do Caiapiá, os moradores locais e os motoristas que cortam caminho por ali para fugir do trânsito, encontram sérios problemas de falta de segurança", diz a carta enviada ao Portal Viva.

"Três pontes que passam sobre o córrego, estão literalmente caindo. A primeira fica logo passando o Clube de Campo Paiquerê, a segunda fica a cerca de 100 metros próxima a uma escola, e a terceira 500 metros à frente.

A situação é calamitosa e as pontes podem cair a qualquer momento.O muro ao lado da ponte está rachado e um pedaço caiu dentro do rio".

"No momento das fotos e do vídeo os moradores perguntavam onde seria publicado e ao saber que eu enviaria para um jornal online, deram graças a Deus e pediram ajuda...", diz o leitor Rodolfo, que enviou as fotos e um vídeo ao Portal Viva.

N.R. Cópia dessa carta foi encaminhada à Secretaria de Obras em 25/1/11

..........................................................

NOTA DA REDAÇÃO SOBRE OBRAS NA PONTE

A Ponte do Caiapiá também precisou ser interditada no início de 2009 por conta de uma infiltração (saiba mais). As obras foram liberadas conforme noticiamos.

Da Redação

RESPOSTA DA SECRETARIA DE OBRAS

O Secretário de Obras, Benedito Simões informou ao Portal Viva que o problema na Ponte do Caiapiá foi causado pela chuva que caiu no último dia 11 de janeiro. Ele esteve no local no dia seguinte, e foi constatado que o excesso de água que desceu pelo Ribeirão das Pedras fez com que um pedaço que havia sido alargado no início da década, se soltasse da estrutura.

"Essa ponte está entre as cinco pontes que serão susbtituídas em fevereiro", disse. "Ela é um ponto de estrangulamento e estamos aguardando a estiagem do início do mês para iniciar as obras de substituição".

Segundo Simões, a ponte havia sido sinalizada com faixas e cones pela Secretaria de Transportes e Trânsito, que devem ter se perdido com a força das últimas chuvas e do vento.

Com relação às duas outras pontes citadas, serão feitos reforços na ponta das cabeceiras. "Elas não correm risco", informou.

À título de informação, Simões nos disse que a média histórica de janeiro em Cotia, é de 223 mm de chuva.

"A pluviometria de janeiro de 2011 na cidade já bateu (até a data de hoje - 26jan), o índice de 294,8 mm. Mas no balanço geral a situação está controlada, se comparada ao mesmo período do ano passado", concluiu.



Visitantes Online:

Temos 530 visitantes e Nenhum membro online