Por Marcos Martinez

"Os jogadores e simpatizantes do time, em pé, da esquerda para a direita, são: Irineu Pedroso, simpatizante; Dito César, lateral-direito; Mário Silva, goleiro; Luiz Nunes da Silva (Mimi), beque direito; Sílvio Pedroso, centro-direito; José Matias Pedroso (Zezinho da Pituta), lateral-esquerdo; Augusto Lemos, simpatizante.

Os jogadores agachados, da esquerda para a direita, são: Joel Monteiro, ponta-direita; Pedro Victor Moraes Sobrinho, meio-direita; Roque de Queiroz (Roque do Zizico), ponta-esquerda.

 

Zezinho da Pituta era o lateral-esquerdo e, também, exercia a função de secretário do time. Emocionado, lembra: “Alguém precisava cuidar dos papéis da equipe”. Recorda ainda que a prática do futebol naquela época não era profissional e que não se organizavam  campeonatos. Quando convidavam algum time de fora para jogar em Cotia, tinham que pagar as despesas da equipe visitante. Apesar do amadorismo das equipes, as partidas eram disputadas com seriedade, principalmente com o América de Itapevi e o Atlético de São Roque, times bons de bola.

Pedro Victor Moraes Sobrinho ressalta que no espaço em que a fotografia foi tirada encontra-se hoje o Esporte Clube Cotia, que naquela época não existia.

Antigamente era muito difícil manter uma equipe de futebol. Esse fato pode ser constatado quando Pedro Victor afirma, que em Cotia, chegou a existir um time com o nome de Vasco da Gama, obviamente, patrocinado por um português que chegou a esta terra.

Outro time antigo da cidade foi o Piratininga, que é muito lembrado pelos antigos moradores pelo estilo de suas camisas, que traziam impressas as letras do nome".

Memória e Imagem

Visitantes Online:

Temos 1063 visitantes e Nenhum membro online