Cidades

Cidades

Governador Alckmin e prefeito Kassab concedem coletiva após a reunião, na sede do DAEE, no centro da capital

O governador Geraldo Alckmin anunciou na tarde desta terça-feira(11), uma série de medidas para a contenção das enchentes em todo o Estado.

Nessa manhã de segunda feira(3), Alckmin realizou a primeira reunião com os novos secretários do governo. O encontro aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

Gestão Pública e Detran

Durante o encontro, além de destinar mais recursos para o desassoreamento do Rio Tietê, Alckmin anunciou a criação da Agenda Paulista de Gestão, e a formação de um comitê para definir a reestruturação do Detran (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo), dando um prazo de 60 dias para definir seu rumo.

Secretário Sidney Beraldo (Casa Civil) conversa com integrantes da equipe de governo durante o encontro Governador concede coletiva após reunião com secretários

Atualmente, o órgão está vinculado à Secretaria de Segurança Pública e caberá a uma comissão criada na Casa Civil apontar seu destino dentro da estrutura do Estado.

"Vamos verificar para qual secretaria ele vai. Com isso vamos ter um padrão Poupatempo e liberar mais de mil policiais civis, delegados, investigadores, carcereiros, para o trabalho de polícia", adiantou o novo governador. A primeira reunião em torno do tema está marcada para esta terça-feira.

"São Paulo tem sido um exemplo para o Brasil ao longo dos últimos mandatos de melhoria de gestão pública. Nós vamos fazer um esforço de processos, procedimentos, tudo com o objetivo de melhorar a eficiência do gasto público, de ver onde ainda podemos fazer um ajuste fino", disse Alckmin ao anunciar a criação da Agenda Paulista de Gestão.

O objetivo é melhorar a eficiência dos procedimentos administrativos, avançando na aplicação dos recursos estaduais.

A Agenda Paulista de Gestão será definida por uma Comissão, cujos titulares serão os secretários de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Casa Civil, da Fazenda e Gestão Pública. Ela será implementada por meio do Plano Plurianual (PPA) e deverá o modelo de governança voltado à gestão por resultados no poder público estadual.

Aeroportos

Alckmin ressaltou ainda que é prioridade a construção da terceira pista de Cumbica e da segunda pista e do segundo terminal do aeroporto de Viracopos. "Isso é para ontem. Tudo que o Estado puder ajudar, nós vamos ajudar. Questões ambientais, acessos e parcerias, nós vamos ajudar em tudo. Agilizar essas obras é fundamental não só para a Copa do Mundo, pois independentemente da Copa, elas são necessárias".

Redução de Despesas

Também foi anunciado o contingenciamento de 10% do custeio e 20% do investimento do Estado de São Paulo, equivalente a R$ 1,5 bilhão de reais. Segundo o novo governador, ficam de fora deste contingenciamento as áreas estratégicas, como Saúde, Educação, Segurança, Enchentes e programas sociais, como o Viva Leite.

"Vamos fazer um esforço para tentar reduzir as despesas e vamos aguardar a evolução da arrecadação do Estado no primeiro trimestre deste ano", pontuou Alckmin.

Desassoreamento do Rio Tietê

O governador também anunciou o aumento de R$ 24 milhões nos recursos destinados ao desassoreamento do Rio Tietê. O montante será somado aos recursos já previstos no orçamento do Departamento de Água e Energia Elétrica (DAEE), totalizando R$ 64 milhões.

"Autorizamos hoje o DAEE a fazer a licitação e liberamos os recursos para retirar mais 1 milhão de metros cúbicos. Acho que até o ano que vem vamos voltar ao nível do rebaixamento da calha, o que ajuda toda a macrodrenagem da cidade de São Paulo", disse o governador. Parte do material assoreado é areia, e Alckmin disse que a expectativa é poder aproveitá-la, como no setor de construção civil, reduzindo custos para o Estado.

Alckmin lembrou que o Rio Tietê tinha 2,7 milhões de metros cúbicos de detritos. No ano passado, foram retirados 1 milhão de metros cúbicos de detritos mas, com a influência dos afluentes, a estimativa é de o rio tenha cerca de 2,1 milhões de metros cúbicos de sujeira.

Projeto Tietê

Em novembro de 2010, foi autorizado o inicio da terceira fase do Projeto Tietê, que está ampliando a coleta e o tratamento do esgoto que é lançado no rio.

Os investimentos totais desta terceira fase, que deve terminar em 2015, somam US$ 1,05 bilhão e serão usados em benefício de 1,5 milhão de pessoas que passarão a contar com a coleta e mais de 3 milhões que passarão a ter tratamento de esgotos. Até hoje, a Sabesp já investiu US$ 1,6 bilhão no Projeto Tietê, montante distribuído em duas fases.

Da Redação com o Portal do Governo de SP

Na virada do ano, enquanto muitos estarão comemorando a chegada de 2011 com amigos e familiares, o Impostômetro vai marcar a cifra recorde de R$ 1,27 trilhão em impostos pagos pelos brasileiros em 2010.

"Por volta das 8:55 da manhã deste domingo(2), uma lotação agregada a Coopertac colidiu com dois estabelecimentos comerciais da Avenida Joaquim Barreto, no centro de Cotia.

Por volta das 23:40hs dessa quarta feira(22), um acidente envolvendo cinco carros no estacionamento da Padaria Dona Deola, no km 22, por sorte não feriu ninguém.

Visitantes Online:

Temos 378 visitantes e Nenhum membro online