Fau Barbosa
Nesses últimos anos, tenho conhecido muitas pessoas diferentes.

Pessoas alegres e desembaraçadas, pessoas tímidas e leais, pessoas boas e ruins, e tantas outras, muitas fingidas, dissimuladas e interesseiras.

Sempre tiro uma lição de cada convivência. E por mais que eu tente lidar com todo o tipo de pessoa, muitas vezes ainda me surpreendo com algumas atitudes.

Acho que é saudável falar sobre isso, visto que fui criada com o sentido de "ser sincera sempre, doa a quem doer". O ser humano pode até ser um bicho complexo. Mas a palavra "lealdade" nunca deveria sair de moda.

Algumas pessoas, porém, quando se sentem inseguras ou ameaçadas, tendem a perder o rumo, cometer abusos, falar besteiras, numa defensiva interminável. Ao contrário dos que saem à luta, e dão a volta por cima, para esses é mais fácil denegrir a imagem dos demais, como se aquilo fosse mudar alguma coisa. E posso dizer que, de alguma forma, até muda. Mas para pior. Com efeito contrário, para quem está denegrindo ou prejudicando a imagem do outro. É a tal Lei de Ação e Reação. Tudo o que se faz de mal, volta para você. (E como volta, viu!!!)

A sua maneira de atacar, muda a maneira das pessoas enxergarem a sua conduta. Muda a maneira como você é visto. E todas as tentativas que foram feitas por essa pessoa, para denegrir ou prejudicar a imagem da outra, se voltam contra ela própria.

Por que a verdade é única. A verdade é soberana. Pode demorar, mas aparece. Como dizia meu pai, "a mentira tem perna curta".

A "lealdade", assim como a "gratidão", são sentimentos que nascem com a gente, e nunca, nada nem ninguém vai mudar essa conduta.
Viver é saber construir o seu caminho, sem ter que depender da escolha do vizinho. Por que dessa vida nada se leva, apenas os bons amigos sinceros que passam por ela e a tornam mais feliz.
E vamos em frente, sempre na busca de sermos melhores a cada dia!

"Juntos, vamos mais longe"!

Visitantes Online:

Temos 716 visitantes e Nenhum membro online