Granja Vianna, segunda-feira de manhã. O celular do Portal Viva toca e após um bom dia super apressado uma leitora, moradora do bairro, passa a relatar o que está acontecendo.

"Fecharam a entrada da Avenida São Camilo! O trânsito está um caos! Ninguém avisou nada, simplesmente chegaram, colocaram uns cavaletes e pronto! Isso é uma falta de respeito com os munícipes!"

"Calma, como assim fecharam a São Camilo?", perguntei. E a pessoa relatou que só tinha uma mão liberada, de saída do bairro. As placas informavam que para entrar na Granja, somente pela Rua José Félix de Oliveira. Porém as pessoas só ficavam sabendo depois de enfrentar muito trânsito, na Raposo e no acesso ao viaduto. Tentei contato com algumas pessoas, mas como ninguém respondia, depois de receber outras tantas reclamações pelo whatsapp, peguei a câmera e fui ver o que estava acontecendo.

Já na marginal do Shopping o trânsito refletia o caos na Raposo sentido São Paulo. Levei 15 minutos para conseguir sair da marginal e mais 15 para conseguir fazer o retorno. Meia hora só pra atravessar a Raposo! Tudo travado! Foi aí que eu vi que a fonte do caos estava logo no início da São Camilo, pra quem saí do viaduto à esquerda.

Agentes do Demutran tentavam em vão explicar aos motoristas que a Avenida São Camilo estava fechada para início das obras, no sentido bairro.

Qual foi o grande problema? Começaram a obra sem comunicar previamente nem os comerciantes, nem os moradores da Granja. "Se alguém precisar de uma urgência médica não sai da Granja", disse um comerciante indignado. Outros moradores reclamaram da falta de sinalização do meio da avenida até o semáforo, cujo acesso permanecia livre, e poderia confundir as pessoas desavisadas (era possível transitar desde a Rua Nova América sentido bairro, e próximo ao semáforo havia uma placa no meio da rua falando do asfalto, porém sem muita informação).

Perguntinha básica: Custava colocar uma faixa na sexta-feira no cruzamento da José Félix e outra no início da São Camilo??? E outra pra quem vinha da Raposo pra subir o acesso, dando opção de fuga pela Rua Basiléia?

E a imprensa local, podia ter sido informada da data de início das obras e sobre os desvios, assim divulgaria, afinal isso é um serviço de utilidade pública! Na minha opinião de moradora e de jornalista, todo o ruído foi por pura falta de comunicação com a comunidade!!! 

As obras são sempre bem-vindas sim! E essenciais na nossa cidade! Mas a comunicação tem que estar alinhada com tudo isso e tem que chegar na frente. Pois se isso não acontece, o que podia ser uma notícia legal, vira o que virou: muita reclamação! Como dizia o velho comunicador: "Quem não se comunica, se trumbica!" 

Ah... e na minha humilde opinião, deviam ter ao menos esperado o término da obra da Rua Roma - que já causa um caos no trânsito local - para iniciar a da São Camilo. #Sóacho!

Mas agora, vamos às informações pertinentes e importantes à Comunidade:

Segundo a Prefeitura, a obra na avenida São Camilo teve início hoje, segunda-feira, 25 de março e tem prazo previsto de 40 dias corridos para conclusão.

Será feito a remoção do asfalto velho (fresagem), para então ser feito o novo recapeamento asfáltico. Será feito calçada onde não tem e as guias serão trocadas apenas onde for necessário. Também será instalada iluminação pública com lâmpadas de LED. A obra acontecerá do início da avenida até o semáforo da Avenida São Camilo com a Rua José Félix de Oliveira. 

Em tempo: Em conversa com o prefeito Rogério Franco, por telefone, ele me disse que a obra não será feita durante a noite para não incomodar os moradores, já que há muitas residências na região (e também sairia em média 30% mais caro). 

As opções de desvio do trânsito durante as obras deverão ser sinalizadas pela Prefeitura de Cotia.

Fotos: Fau Barbosa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Visitantes Online:

Temos 1003 visitantes e Nenhum membro online