Por Fau Barbosa

2014 está a poucos dias de findar sua história. Muitos anseios pelo Ano Novo que chegará em breve.

Sentada na frente do computador, olho para o infinito e relembro esses 300 e poucos dias que se passaram, tentando fazer um balanço do que foi bom, sem deixar de lembrar das coisas que eu preferia, claro, que não tivessem acontecido.

Sem nenhuma dificuldade, claro que as coisas ruins logo se sobressaem, e num mundo globalizado e canibal, me vem à mente muitas delas. Tragédias, injustiças, omissões, inverdades, muito ciúme, inveja e falsidade, a corrupção rolando solta... Uma disputa nada saudável pelo Poder, em todos os segmentos, em todos os setores. Cada um querendo aparecer mais do que o outro, pisando na cabeça de quem estiver na frente, sem nenhuma cerimônia. Pessoas que se esquecem que o Criador fez um mundo perfeito, com espaço para todos. Mas a maioria hoje não se contenta com isso, e quer invadir o espaço do outro, custe o que custar, doa a quem doer (o mais triste é ver essas mesmas pessoas te distribuindo beijos, abraços e elogios, minutos após te passar uma rasteira).

O que estamos fazendo com a nossa vida? Que valores estamos passando para as novas gerações, que promoverão o futuro da humanidade? Tenho medo que esse futuro se corrompa. Que inexistam valores que o dirijam. Tenho medo que a maldade vire bandeira, e que tudo aquilo que construímos de bom até hoje venha a fenecer.

Mas é aí que olho para a foto dos meus filhos. Neles vejo uma luz no fim do túnel. Neles e em seus amigos mais próximos vejo a justiça, vejo a solidariedade, vejo olhares cheios de esperança em um mundo melhor.

Olho em volta e fico feliz em ver que ainda existem pessoas, grupos e entidades envolvidos na prática do Bem, pessoas que ainda se preocupam com o próximo, que promovem ações coletivas em benefício de terceiros e não pedem nada em troca. Pessoas amigas do Bem!

Meu pensamento vai clareando e me mostrando um futuro bom. Um futuro de esperanças renovadas nos valores, transformadas em eco no coração das pessoas boas. Fora corrupção, fora maldade, fora ganância!

2015 está chegando, e trazendo muitos sonhos. O ontem mais uma vez será hoje, brinquedo do tempo que brinca conosco e nos faz repensar nossas vidas. Sejam bem-vindos os de coração bom, os humildes, os alegres, os parceiros e os amigos.

Sejam bem-vindas as atitudes que modificam o que não está bom, em prol dos demais. Seja bem-vindo o trabalho que mesmo sendo cansativo e repetitivo, enobrece e dignifica a nossa vida.

As palavras chaves para o ano que chega não podem ser outras que não Solidariedade, Justiça e Família.

Se cada um de nós plantar essas sementinhas e cuidar delas com amor e dedicação, no final do próximo ano teremos promovido boas mudanças. E eu vou adorar poder escrever novamente esse balanço de final de ano, enaltecendo só coisas boas, me emocionando com o conteúdo do texto, e mostrando a todos que são pequenas ações que mudam um País.

Um olhar, quando cruza o outro, pode passar despercebido ou parar e se apaixonar. Se dê essa chance!

Apaixone-se pelo futuro! Seja uma semente boa e faça parte dessa colheita! Jogue fora tudo o que não te faz feliz!

FELIZ NATAL! Com muita Luz, União e Paz em família!

FELIZ 2015! O ano da Atitude!

Visitantes Online:

Temos 867 visitantes e Nenhum membro online