Por Thomas Moscovitz

O absorvente interno é considerado a opção mais confortável para segurar o fluxo nos dias de menstruação, principalmente quando se quer pegar uma piscina ou praticar algum esporte.

No entanto as perguntas são constantes, desde o modo de colocá-lo até o de tirá-lo, e costumam deixar as mulheres confusas. Perguntas como: usar absorvente interno pode tirar a virgindade? E se ele ficar preso lá dentro?

Como faço para usar um absorvente interno pela primeira vez?
Vá a uma consulta com um ginecologista antes de optar pelo absorvente interno. Assim, o médico pode explicar direitinho como utilizar, sem preocupações. É muito comum as meninas não fazerem nem a higienização correta da vagina. Portanto, um especialista é sempre o mais indicado para explicar tudo.  Tirar esse tipo de dúvida durante a visita pode ajudar até na hora de introduzir o absorvente pela primeira vez, afinal, é fundamental conhecermos o próprio corpo.

Absorvente interno tira a virgindade?
Sim, dependendo do tipo de hímen que você tem. Mesmo que você tenha a vagina do formato que permita a introdução do tubinho, o ideal é que ele seja do tamanho mini para não correr o risco de romper a pele.

O absorvente pode causar algum tipo de doença?
Se usado corretamente não apresenta perigo. Ele deve ser trocado a cada quatro horas para garantir a higiene da vagina e não haver risco de infecções. Como o canal fica obstruído e há um acúmulo de sangue, o hábito de deixar o absorvente lá dentro durante muito tempo ajuda na proliferação de bactérias e fungos. Se já estiver acontecendo corrimento e coceira na área da vulva, é melhor evitar o uso do absorvente interno e se consultar com um ginecologista.

Atenção: se ficar muito tempo no canal vaginal, o absorvente interno faz uma lesão, uma micro-úlcera, e, por ela, uma bactéria chega à corrente sanguínea, podendo causar uma infecção generalizada.

E o tamanho do absorvente interno? Como escolho?
Leve em conta o seu fluxo menstrual. Se o fluxo for intenso, use o maior. Quando estiver no fim, use o menor. Considere também o tamanho de sua vagina. Como dito acima, os maiores podem machucar as meninas que tem um canal mais curto. O importante é você se sentir confortável.

Existe algum perigo do absorvente ficar perdido dentro da vagina?
Não. E mesmo que você não consiga achar a cordinha e retirá-lo, é só ficar calma e ir até um ginecologista. Por mais que achemos que o tubinho pode ficar perdido dentro de nosso corpo, ele não tem muito para onde ir. O absorvente não vai ficar passeando pelo seu corpo.

Usar diariamente oferece algum perigo?
Não, mas use enquanto estiver menstruada. Fora a menstruação, não é saudável. Além de ser anti-higiênico, já que deixa a região bastante abafada.

Dr. Thomas Moscovitz – Doutor pela Faculdade de Medicina da USP. Especialista em: Ginecologia – Obstetrícia – Videolaparoscopia – Videohisteroscopia. Assistente Voluntário do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Médico Ginecologista na Granmedic.

Visitantes Online:

Temos 1044 visitantes e Nenhum membro online