Por Regina Steurer

“A educação é responsabilidade coletiva. Ela deveria envolver todos, absolutamente todos os adultos:
pais, políticos, mundo econômico e associativo.“(Philippe Meirieu)

Caros amigos,

Em entrevista ao O Estado de São Paulo publicada no dia 10 de maio, o escritor e pedagogo Philippe Meirieu deixa claro o quão longe estamos da sonhada Pátria Educadora. O Brasil ainda tem um dos piores salários pagos a professores no mundo, segundo dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

Mas o problema vai muito além dos salários, reside no conceito de educação de uma criança. Vejamos o que é educar para Meirieu.

- Educar é acolher a criança, a quem convém transmitir não só os meios para compreender este mundo e para nele agir, mas também para renová-lo e até torná-lo melhor.

- Educar é formar pessoas capazes de se integrar à sociedade por meio do conhecimento e das habilidades transmitidas, mas também formar cidadãos, que não só têm de se adaptar e obedecer, mas aprender a pensar por si mesmos e se tornar atores sociais em uma democracia vibrante.

- A escola deve ser um lugar onde se aprende em conjunto porque permite sair do individualismo e construir um coletivo de solidariedade. A discussão e a ajuda mútua são meios preciosos de formação cidadã.

- A verdadeira eficiência da escola seria transmitir o desejo de aprender.

- A escola não deve ter vergonha de reequilibrar a sociedade. É a sua missão fundamental.

O Projeto Âncora tem certeza de que está a construir essa outra e urgentemente necessária educação escolar e social. Junto com os funcionários da Lobo & de Rizzo e da GE e tantos outros que estão no dia a dia da entidade, com os parceiros/colaboradores que fizeram parte do repasse legal do seu Imposto de Renda, com os colaboradores mensais fiéis de tantos anos, com os pais e, principalmente, com os educadores que no Âncora estão dando suas vidas a esse projeto.

Nosso exemplo já está atingindo milhares de educadores em todas as regiões do país e dando coragem para que façam a revolução necessária, quebrem velhos paradigmas e de fato façam desse país uma Pátria Educadora.

Gratidão.

Regina Machado Steurer
Conselheira Projeto Âncora

Visitantes Online:

Temos 599 visitantes e Nenhum membro online