Por Andrea Rebello

Falar de Willian Delarte é um grande desafio, pelo simples fato de que ele mesmo transfere humildemente suas grandezas e conquistas dentro do Universo da Literatura.

Nos dois dias de Maratona Cultural em rede social, através do Grupo Cultura Cotia, onde foi falado sobre artes visuais, apareceu Willian Delarte. Suas publicações enriqueceram de tal forma a página que foi difícil não querer saber quem era ele.

Delarte considera uma tarefa árdua falar de si mesmo, reconhecendo ser difícil ter o equilíbrio entre a imagem que ele próprio constrói sobre si daquela que ele acredita que constroem sobre ele. E com atitude e alma de menino chega para falar um pouco sobre sua trajetória literária, na forma como “constrói cultura”.

Prestou Letras na USP onde ficou até o ano de 2010.

Casa das Rosas III Festival Letras -USP

O escritor confessa que sempre teve uma necessidade sobre-humana de expressar-se, criar, fazer qualquer coisa que o aproximasse da Literatura e, com paixão ele encontrou um refúgio, um respiro de alma talvez. Nessa época já ao lado de um amor de verdade, sua esposa a quem se refere como alguém que “salvou sua vida”.

Quando menino aguardava ansiosamente pelas aulas de “redação” nas quais ele mesmo diz que sempre exagerava na dose. Aos nove anos Delarte escreveu sua primeira novela. Ele foi crescendo e o escritor que já havia dentro dele ganhava força e robustez, seguia escrevendo qualquer coisa, qualquer tema, mas foi durante o período da faculdade que levou a escrita mais a sério e aproximou-se de uma maneira sem volta da Poesia.

Tratou de levar seus poemas aos saraus do Corre Cotia (grupo interventor de cultura e produtor de eventos na cidade de Cotia e região) na época encabeçado pelo amigo Edegar Ferreira e César Moraes, contando sempre com a força do escritor e historiador João Barcellos.



Em 2011 decidiu publicar alguns escritos na net e nela foi “encontrado”  pelo poeta e editor Eduardo Lacerda (hoje seu amigo) que, por sua vez, o convidou para publicar seu livro de poesia “Sentimento do Fim do Mundo” (Projeto finalista do “XV Projeto Nascente da USP”) pela Editora Patuá, recém criada na época. A partir daí muitas coisas ocorreram concomitantemente. Delarte aproximou-se muito de seu amigo Fábio Soares do Jornal “Conteúdo Independente” (Vargem Grande Paulista/SP) por meio de Edegar Ferreira e, durante este ano, alimentou uma coluna literária no jornal, intitulada “Letra Envenenada”.

Sentimento do Fim do Mundo

Resolveram trazer o Corre Cotia para o Jornal CI, promovendo uma espécie de concurso. Por conta desta “promoção” a vida apresentou duas pessoas importantes para Delarte, que mais tarde trilhariam com ele um Projeto comum. Eram eles o poeta-ilustrador Rubens G. Pesenti e a fotógrafa Mercedes Lorenzo.

Rubão, como Delarte gosta de chamá-lo, enviou um poema com recursos visuais belíssimos, com a própria Mercedes segurando uma faca numa fotografia performatizada. O nome do poema era “Demão”. Não houve dúvidas, lançaram no jornal, divulgaram na net pela versão digital deste, e foi um grande alvoroço.  Ao deparar-se com a versão digital do jornal, nasceu o insight de criar uma revista. Estava criada a “Rebosteio”.

Capa Rebosteio

Poder trazer essa possiblidade de impressão à revista foi uma grande conquista, que em nenhum momento deixou de ser on-line e gratuita.  A parceria estabelecida com a Editora Patuá, por sua vez, proporcionou a eles atingir outros públicos, alimentar fetiches pela criação de um material tão belo (em forma e conteúdo), tanto nas mãos de quem criava como nas mãos dos leitores.

A revista não tem fins comerciais e é repassada com o custo de impressão aos leitores. A colaboração chega de artistas, escritores, fotógrafos, jornalistas e ativistas de todo o Brasil; gente também da França, Moçambique e Argentina também contribuem.  A revista Rebosteio divulga ideias e o trabalho do colaborador ao passo que é alimentada por eles, ninguém recebe nada financeiramente, mas, por contra-partida, encontra um espaço que cada vez mais ganha visibilidade.

Lançamento - Edição da Revista

A quinta edição, lançada no Sarau “Poemas à flor da Pele”  no Centro Cultural São Paulo, trouxe 14 poetas de diferentes estilos se auto desconstruindo aos olhos do leitor. Foi uma edição muito badalada e pela primeira vez impressa totalmente colorida. A última edição que foi ao ar (ainda não lançada na versão impressa) traz a temática da “Periferia: Cultura de Rua e Marginal”, e já no segundo dia superou os 1.200 acessos, o que deixa a equipe cada vez mais grata, confiante, e estimulada em tocar um Projeto único e que tem como proposta muito clara: “divulgar ideias e arte em geral, provocando os neurônios e expandindo os sentidos”.

Willian Mercedes Lorenzo e Rubens Pesenti

Atualmente Willian Delarte está em via de publicar outro livro, para isso o tempo precisará ser seu maior aliado, diante de tantos outros compromissos. Willian também revela que tem dois Projetos inéditos de Poesia e um de Contos, ambos finalizados, e um romance em construção. O escritor também se vê tentado diante de uma proposta para um livro digital e multimídia (com inserção de produções sonoras também) e se puder, Willian tentará trazê-lo com preço baixo ou totalmente gratuito.

“Não penso em ganhar dinheiro nem nada com a Literatura, devo a ela um tanto da minha vida e isto é tudo” finaliza Willian.

Para conhecer mais sobre o Escritor e seus Projetos nessa nobre missão do que insistimos em chamar de “construir Cultura”, acesse seu blog pessoal:  http://williandelarte.blogspot.com

Para saber mais sobre a revista “Rebosteio Digital” que nasceu “descabelada”  – acesse: http://rebosteio-revistadigital.blogspot.com.br

Para adquirir o livro do autor entre no site da Editora Patuá: www.editorapatua.com.br

Ficam aqui os merecidos aplausos à pessoa de Willian Delarte, que com atrevimento, ousadia, criatividade, singularidade, paixão e letras misturadas com suas moléculas contribue na linda missão de “Construir Cultura”.

Previsão do Tempo

Cotia Brazil Nublado, 15 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:38 am   |   Anoitece: 5:31 pm
95%     22.5 km/h     30.782 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 19 °C
TER Min: 14 °C Max: 18 °C
QUA Min: 13 °C Max: 22 °C
QUI Min: 15 °C Max: 25 °C
SEX Min: 15 °C Max: 25 °C
SAB Min: 16 °C Max: 22 °C
DOM Min: 16 °C Max: 21 °C
SEG Min: 15 °C Max: 22 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 12 °C Max: 18 °C
Barueri Brazil Nublado, 15 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:37 am   |   Anoitece: 5:31 pm
94%     22.5 km/h     31.083 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 20 °C
TER Min: 14 °C Max: 18 °C
QUA Min: 13 °C Max: 22 °C
QUI Min: 15 °C Max: 25 °C
SEX Min: 14 °C Max: 25 °C
SAB Min: 15 °C Max: 23 °C
DOM Min: 16 °C Max: 22 °C
SEG Min: 15 °C Max: 23 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 13 °C Max: 19 °C
Sao Paulo Brazil Nublado, 16 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:36 am   |   Anoitece: 5:30 pm
93%     22.5 km/h     31.150 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 20 °C
TER Min: 14 °C Max: 19 °C
QUA Min: 14 °C Max: 22 °C
QUI Min: 14 °C Max: 26 °C
SEX Min: 15 °C Max: 25 °C
SAB Min: 16 °C Max: 22 °C
DOM Min: 16 °C Max: 22 °C
SEG Min: 15 °C Max: 23 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 13 °C Max: 18 °C
Carapicuiba Brazil Nublado, 15 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:37 am   |   Anoitece: 5:30 pm
92%     22.5 km/h     31.083 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 20 °C
TER Min: 14 °C Max: 19 °C
QUA Min: 14 °C Max: 23 °C
QUI Min: 15 °C Max: 25 °C
SEX Min: 15 °C Max: 25 °C
SAB Min: 13 °C Max: 22 °C
DOM Min: 16 °C Max: 23 °C
SEG Min: 15 °C Max: 23 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 13 °C Max: 19 °C
Itapevi Brazil Nublado, 15 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:38 am   |   Anoitece: 5:31 pm
95%     22.5 km/h     30.916 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 20 °C
TER Min: 14 °C Max: 19 °C
QUA Min: 13 °C Max: 23 °C
QUI Min: 15 °C Max: 25 °C
SEX Min: 14 °C Max: 25 °C
SAB Min: 16 °C Max: 23 °C
DOM Min: 16 °C Max: 22 °C
SEG Min: 15 °C Max: 22 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 12 °C Max: 20 °C
Embu das Artes Brazil Nublado, 15 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:37 am   |   Anoitece: 5:30 pm
94%     22.5 km/h     30.949 atm
Tempo na semana
SEG Min: 15 °C Max: 19 °C
TER Min: 14 °C Max: 18 °C
QUA Min: 13 °C Max: 22 °C
QUI Min: 15 °C Max: 25 °C
SEX Min: 15 °C Max: 25 °C
SAB Min: 16 °C Max: 22 °C
DOM Min: 16 °C Max: 21 °C
SEG Min: 15 °C Max: 22 °C
TER Min: 15 °C Max: 17 °C
QUA Min: 12 °C Max: 18 °C
Vargem Grande Paulista Brazil Nublado, 14 °C
Condições Neste Momento
Amanhece: 6:38 am   |   Anoitece: 5:31 pm
95%     22.5 km/h     30.648 atm
Tempo na semana
SEG Min: 14 °C Max: 18 °C
TER Min: 13 °C Max: 18 °C
QUA Min: 13 °C Max: 22 °C
QUI Min: 14 °C Max: 24 °C
SEX Min: 15 °C Max: 23 °C
SAB Min: 17 °C Max: 21 °C
DOM Min: 16 °C Max: 21 °C
SEG Min: 15 °C Max: 21 °C
TER Min: 14 °C Max: 17 °C
QUA Min: 12 °C Max: 19 °C

Visitantes Online:

Temos 600 visitantes e Nenhum membro online