Considerada um dos maiores grupos artísticos do Estado de São Paulo, a Cia de Dança de Itapevi inicia os ensaios para a reapresentação do espetáculo Luz e Sombra, sucesso de público no final de 2010.

A apresentação, prevista para acontecer em maio, deverá marcar o 4° aniversário da Cia que, nos últimos anos, tem proporcionado o acesso de centenas de crianças e jovens à arte da Dança e revelado inúmeros talentos na cidade.

Durante o espetáculo Luz e Sombra, a população poderá assistir novamente a sete apresentações, sendo elas ‘Laruth’ e ‘Príncipe dos Ladrões’ (autoria do coreógrafo Lau Silva), ‘Manipulação’ (Deise Sanches), ‘Dona Felicidade’ (Weverton Aguiar e Carla Yole), ‘As Colombianas’ (Weverton Aguiar), ‘Disco Baby’ (Flávia Pires e Viviane Rossi) e ‘Metrópole’ (Marcos Andrade).

O espetáculo contará com participações especiais dos alunos do CEMEB’s Professora Maria Zibina de Carvalho e José dos Santos Novaes e do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Cardoso.

Paralelamente aos ensaios, a Cia de Dança de Itapevi também se prepara para o início das aulas, marcado para o dia 1° de março. A expectativa é de que, assim como ocorreu em 2010, cerca de 1,2 mil crianças e jovens participem das atividades deste ano.

Implantada pela Prefeitura e desenvolvida pela Secretarias de Assistência Social e Cidadania e de Educação e Cultura, a Companhia de Dança tem como objetivo oferecer aos munícipes, além de mais uma opção gratuita de lazer e cultura, a oportunidade do aprendizado da dança, priorizando famílias participantes do Programa Bolsa Família e demais programas sociais do Governo Federal.

Entre os inúmeros investimentos recebidos pelo grupo na gestão da prefeita Dra. Ruth Banholzer, está uma sede própria, entregue em 2007.

Atualmente os dançarinos, coordenados pelo professor Lau Silva, têm à sua disposição um local amplo, arejado e dotado de toda infra-estrutura necessária para o desenvolvimento das atividades. “Os recursos têm retorno garantido no sorriso de cada criança. A Companhia de Dança transforma em realidade o sonho de muitos bailarinos”, afirma Dra. Ruth.

Da Redação com a Folha de Jandira

Visitantes Online:

Temos 685 visitantes e Nenhum membro online