Trabalho começou com o projeto “A escola vai ao Sítio do Mandú”, da Prefeitura de Cotia. Alunos fizeram exposição do resultado de suas pesquisas e produções

A turma do 5º C, da Escola Municipal Maria Aparecida de Oliveira Pedroso, no bairro Jardim Sandra, esteve no Sítio do Mandú, por meio do projeto “A escola vai ao Sítio do Mandú” - parceria das Secretarias de Educação e Turismo de Cotia. No local, conheceram mais sobre a história do casarão tricentenário tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em 2006. Desde a visita, que aconteceu em setembro, a professora Adriana A. do Prado Souza resolveu ampliar o conhecimento dos alunos e explorar a história de Cotia em sala de aula. O resultado ganhou até uma exposição.

Segundo a professora, antes de ir ao Sítio com a sua turma, ela já tinha trabalhado a parte teórica do projeto em sala de aula e os alunos ficaram maravilhados com o local, no dia da visitação. “Eles aproveitaram cada momento enriquecendo ainda mais o conhecimento por meio do contato com o ambiente, a estrutura, os monitores”, disse a professora Adriana.

Mas, um casarão com tantos anos de existência tem muita história a ser explorada e conhecida. A turma da Adriana embarcou nessa história depois da visitação. “Propus o fechamento do projeto com pesquisas sobre as construções em taipa de pilão, revisamos o conteúdo histórico, visualizamos as fotos do casarão, sua arquitetura e fizemos um esboço do Sítio”, explicou.

Na etapa seguinte, a professora resolveu multiplicar todo o conhecimento para os familiares que tiveram que aprender sobre a técnica de construção em taipas de pilão e colocar a mão na massa. “Com as famílias, os alunos construíram as maquetes”, disse. Os materiais utilizados foram argilas, varetas de bambu, papelão e o resultado foi muito positivo.

No dia 20/10, quando aconteceu a reunião de pais, o trabalho estava exposto para toda a comunidade escolar conhecer mais sobre a história de Cotia e sobre o Sítio do Mandú. “Foi uma experiência positiva, enriquecedora e satisfatória o envolvimento dos alunos, pais, comunidade e professora no resgate e conhecimento da história de Cotia”, concluiu a professora Adriana.

Fotos: Divulgação

Visitantes Online:

Temos 1088 visitantes e Nenhum membro online