Estudantes com transtorno do déficit de atenção também fazem parte da proposta

Um projeto de lei prevê que estudantes da rede pública com dislexia e TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade) recebam atenção especial nas escolas.

A proposta do senador Gerson Camata (PMDB-ES) determina que sejam mantidos programas de diagnóstico e tratamento para estes alunos com a participação de educadores, psicólogos, psicopedagogos e médicos, entre outros profissionais.

O projeto já foi aprovado na Comissão de Assuntos Sociais e será votado agora pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Do R7 com Agência Senado

Visitantes Online:

Temos 626 visitantes e Nenhum membro online