Uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (20) pelo Procon-SP mostra que a diferença entre os valores de um mesmo item da lista de material escolar pode chegar a 233% em lojas diferentes.

O órgão levantou o preço de 182 itens em nove lojas localizadas nas cinco regiões da cidade de São Paulo.

Segundo a pesquisa, 49 itens tiveram diferença de preço entre 50% e 100% e outros 12 itens tiveram diferença de preço de 100% ou mais.

A maior diferença refere-se a um lápis preto que, na zona sul, custava R$ 1,50 e em outra, na zona norte, R$ 0,45.

A mesma caneta esferográfica foi achada por R$ 0,85 e R$ 0,40. Já um conjunto de canetas hidrográficas foi encontrado por R$ 3,40 e por R$ 1,61.

"É importante pesquisar", diz a assistente de direção do Procon, Valéria Cunha. "Quando você fala em um realzinho, não dói muito. Mas quando pensa em percentual, a diferença é grande. Se for fazer essa mesma comparação para vários itens, acaba pesando. Sobretudo para quem tem mais de filho."

Produto    Diferença (%)
Lápis preto (unidade)    233,33
Lápis de cor (caixa)    64,32
Caneta esferográfica (unidade)    112,5
Caneta hidrográfica (12 cores)    111,18
Giz de cera (caixa)    78,57
Borracha branca (unidade)    73,08
Borracha bicolor (unidade)    86,67
Cola bastão (unidade)    100
Cola branca (tubo)    73,91
Massa de modelar (estojo)    31,58
Pintura à dedo (estojo)    47,98
Régua 30 cm (unidade)    100
Apontador (unidade)    93,94
Tesoura sem ponta (unidade)    80,95
Papel A4 (cento)    44,12
Caderno espiral capa dura (96 folhas)    88,46
Caderno espiral capa dura (200 folhas)    73,14
Caderno brochura capa dura (96 folhas)    105,88

 


Fonte: Procon-SP. As informações foram coletadas em 5 e 6/01/2010

Da Folha de S.Paulo

Visitantes Online:

Temos 752 visitantes e Nenhum membro online