Durante toda semana, os alunos do 2° ano do ensino fundamental da rede pública estão sendo avaliados pela Provinha Brasil. O teste foi criado pelo Ministério da Educação (MEC) em 2008 para avaliar as habilidades de leitura e escrita de crianças matriculadas nessa série.

 

A Secretaria Municipal de Cotia aderiu a proposta que atinge cerca de 2.432 alunos em 53 unidades escolares. A prova é aplicada aos alunos matriculados em dois momentos: no início e no final do ano letivo.

De acordo dom a diretora do departamento Pedagógico, Elaine do Prado Francisco, a Provinha Brasil é instrumento pedagógico, sem finalidades classificatórias, que fornece informações sobre o processo de alfabetização aos professores e gestores das redes de ensino.

“A partir das informações obtidas pela avaliação, os gestores e professores têm condições de intervir de forma mais eficaz no processo de alfabetização, aumentando as chances de que todas as crianças, até os oito anos de idade, saibam ler e escrever”,explica.

Esses objetivos possibilitam, entre outras ações: estabelecimento de metas pedagógicas para a rede de ensino; planejamento de cursos de formação continuada para os professores; investimento em medidas que garantam melhor aprendizado; desenvolvimento de ações imediatas para correção de possíveis distorções verificadas; melhoria da qualidade e redução da desigualdade de ensino.

A prova, que é elaborada pelo Inep, traz questões que avaliam se a criança sabe diferenciar números de letras, ler palavras pequenas ou interpretar textos curtos.

A professora Carla Daré, do 2º ano A da EM Sidrônia Nunes Pires, disse que por meio da aplicação, correção e análise das respostas é possível saber quais aspectos priorizar e a quais assuntos dedicar mais atenção no decorrer das aulas.

Para a secretária municipal de educação, Olga Ferreira Moraes, a participação  da rede municipal vai ajudar na melhoria da qualidade da educação na medida em que  identifique possíveis dificuldades na aprendizagem dos alunos e, assim, planeje ações para superá-las.

Durante a aplicação das provas, o departamento pedagógico e a supervisão escolar estão nas escolas acompanhado a avaliação.

Da Redação

Visitantes Online:

Temos 755 visitantes e Nenhum membro online