Professores da rede municipal de ensino estão participando do curso de Cultura Africana. A aula inaugural aconteceu no dia 4 de agosto e a formação segue até 22 de setembro.

O curso está estruturado em oito módulos e tem a coordenação do professor Hélcio Barbosa Júnior, do Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação. Também estão participando profissionais convidados pela Casa de Airá-Tradição e Cultura/Cotia.

No ano passado, cerca de 100 professores fizeram o curso Afro Indígena. Este ano, a Prefeitura dá continuidade ao projeto, abordando os temas “Espaço para construção da identidade negra”, “Uma leitura Histórica da lei 10639/03”, “Religiosidade Afro-Brasileira no Contexto Escolar”, “Danças Tradicionais com o grupo  Odara”  e um espetáculo teatral sobre a Mitologia Africana.

Os 80 professores inscritos também irão visitar o  Museu Afro-Brasileiro/SP e  a  instituição  Axé Ilê Obá/SP.

De acordo a secretária municipal de Educação, Olga Ferreira de Moraes, o governo municipal tem investido na formação dos professores de forma inclusiva . “A formação e a sensibilização para o tema étnico-racial propostos por este curso integram uma série de ações conjugadas que vão contribuir para o fortalecimento de uma educação democrática e cidadã”, afirmou.

Da Redação

Visitantes Online:

Temos 656 visitantes e Nenhum membro online