Por Lucas di Mario

Deliciosas sardinhas assadas na brasa, apresentação de grupo folclórico da Casa da Ilha da Madeira, concurso Garota Sardinha, fogueira, quitutes e uma quermesse tipicamente portuguesa são algumas das novidades da segunda edição desta festa que reúne toda colônia portuguesa

Com um novo formato e uma programação mais arrojada, a edição deste ano do 2º Festival da Sardinha vai estrear uma nova imagem, junto ao pessoal do Grupo Folclore e Etnografia Região Autônoma da Madeira – GF Casa Ilha da Madeira/SP, no evento que faz parte do calendário elaborado para as comemorações do Ano de Portugal no Brasil.

O festival objetiva resgatar a culinária de raiz tipicamente portuguesa, incentivando pratos criativos e saborosos à base desse peixe que é a mais popular fonte de ômega-3.

Durante o dia todo, o público terá a oportunidade de saborear as deliciosas sardinhas assadas na brasa à moda do Videira, tendo muitos motivos para ficar com água na boca e, também, surpreenderem-se com a criatividade na elaboração da receita. Além de passar momentos agradáveis, os turistas, os sãoroquenses e convidados, poderão participar desta quermesse portuguesa que irá festejar em grande estilo a festa dos santos populares: Santo Antônio, São João e São Pedro como é feito nas aldeias da Ilha da Madeira.

O Festival da Sardinha também contará com fogueira, quitutes e o concurso que escolherá a Garota Sardinha 2012.

Grupo Folclore e Etnografia Região Autônoma da Madeira – GF Casa Ilha da Madeira/SP, dará o tom do evento num resgate a cultura e tradições portuguesas
TRADIÇÕES
Portugal tem outras tradições juninas, além de assar sardinha. Uma delas é o desfile de marchinhas. Parece coisa de carnaval, mas não é. Em Coimbra, Porto e até mesmo na Ilha da Madeira, as grupos de diversas freguesias da região desfilam pela baixa da cidade com roupas alegóricas cantando marchinhas em homenagem aos três santos juninos.

Em terras brasileiras, mais precisamente em São Roque, a Colônia Portuguesa prepara uma espécie de quadrilha, que diferentemente do Brasil, segundo o organizador do evento Olivardo Saqui “não tem olha a cobra, não tem olha a chuva e muito menos a ponte quebrou. Não tem casório, não tem noivo fugindo com a galinha, padre bêbado e noiva desdentada. Não tem nada disso não! O ritmo da quadrilha será um pouco mais lenta, e a dança será muito mais folclórica do que bagunçada como a nossa quadrilha brasileira. A bandinha irá tocar próximo a réplica da Capela Santo Antônio e o sanfoneiro é quem vai comandar a roda de dança: “homens para dentro”, “meia volta” e “palmas” resumem bem as coordenadas! Tudo bem simples e divertido. Iremos decorar com bandeirinhas, e todos irão sentir um pouquinho de Portugal aqui, assim como eles tem um pouquinho de nós por lá. Nosso principal intuito é promover esse intercâmbio cultural” conclui.


GAROTA SARDINHA
As inscrições para o Concurso Garota Sardinha 2012 já estão abertas, e podem participar mulheres com idade entre 15 e 25 e ter disponibilidade na agenda. Serão premiados o 1º lugar R$ 300,00, 2º lugar R$ 200,00 e o 3º lugar R$ 100,00, além de muitos brindes, do qual incluí um book da agência Radukan Model.

As inscrições podem ser feitas com o Eduardo pelos telefones (11) 4711- 1100 | (11) 4711- 1923

SERVIÇO
FESTIVAL DA SARDINHA & FESTA DOS SANTOS POPULARES  
Dia: 23 de junho :: a partir das 10h
Local: Quinta do Olivardo
Endereço: Estrada do Vinho, KM 4 – São Roque/SP
Entrada Franca ::  Informações: (11) 4711- 1100 | (11) 4711- 1923
www.quintadolivardo.com.br

Fotos: Marcos Dias | Anderson Pedron

Visitantes Online:

Temos 608 visitantes e Nenhum membro online