Da Redação

Teste para dengue e chikungunya estará disponível a partir de segunda (18). Quinze unidades terão a tecnologia; outras terão teste de até três horas.

Unidades de saúde da rede pública da cidade de São Paulo vão passar a oferecer, na segunda-feira (18), o teste rápido para detectar a dengue. O resultado, que demorava dias para sair no modelo de teste anterior, agora vai ficar pronto em 20 minutos.

Os dispositivos do teste são parecidos com os que detectam a gravidez, mas, no lugar da urina, é usado sangue do paciente.

Os testes rápidos para dengue e febre chikungunya estarão disponíveis em 15 pontos da cidade, mas apenas dois deles já foram definidos. Um deles é a AMA Sorocabana, na Vila Romana, e o outro é o Pronto Socorro da Lapa. Os outros 13 locais ainda estão sendo definidos e serão divulgados em breve.

Os demais prontos-socorros e AMAs passarão a realizar outro tipo de teste em que o resultado sai em até três horas.

Com esses testes, será possível detectar os quatro tipos da dengue, agilizar o tratamento e as ações de campo para combater o mosquito transmissor.

Desde o começo do mês está valendo a resolução da Agência Nacional de Saúde (ANS) que obriga os convênios médicos a cobrir os testes rápidos para dengue e para a febre chikungunya.

Do G1 São Paulo

Visitantes Online:

Temos 964 visitantes e Nenhum membro online