Os 11 anos da Área de Proteção Ambiental (APA) de Itupararanga foram comemorados em 27.11, na Praça Matriz de Ibiúna, com intensa participação popular. Centenas de moradores da região e alunos de 91 escolas sediadas na cidade participaram das atividades preparadas para o evento. Ibiúna foi o primeiro dos oito municípios que compões a área de abrangência da Unidade de Conservação a sediar os festejos. “A idéia é que a cada ano o evento seja realizado em um município diferente”, explicou a gestora da APA, Sandra Beu.

Foto: Abertura do evento e Plantio da árvore-símbolo de Ibiúna- Cida Ribas (Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Ibiúna, Viviane Oliveira (SOS Itupararanga), Coiti Muramatsu (Prefeito de Ibiúna) e Sandra Beu (Gestora da APA)

A abertura do evento foi realizada por Sandra Beu, junto com o Prefeito de Ibiúna Coiti Muramatsu, o Presidente da Câmara dos Vereadores do município, Jair Cardoso de Oliveira, o Presidente da Fundação Agência de Bacias Hidrográficas dos Rios Sorocaba e Médio Tietê (CBH-SMT) e representante da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), André Cordeiro, a Secretaria do Meio Ambiente de Ibiúna, Cida Ribas, o Secretário de Segurança José Carlos Collado, os representantes da ONG SOS Itupararanga, José Renato e Viviane Oliveira, e o representante da Secretaria de Turismo e Cultura, Mauro Issler.

Para esta primeira comemoração foram organizados os concursos “Grito da Paz” e a eleição da “Árvore Símbolo de Ibiúna”. As duas atividades envolveram de 71 escolas municipais; 12 estaduais e oito particulares. Quinze mil alunos participaram os concursos, que receberam apoio do secretário de Educação de Ibiúna, João Pereira Leite. Na primeira etapa dos concursos, foram realizadas reuniões com as coordenadoras das escolas, que receberam uma relação contendo 30 espécies de árvores de ocorrência no município, além do regulamento.

As três árvores mais votadas pelos alunos – jacarandá, ipê-amarelo e pau-cigarra - foram apresentadas para a população no dia da comemoração e a votação foi aberta para o público que compareceu na Praça Matriz de Ibiúna. O resultado resultado: jacarandá 5.124 votos; ipê amarelo- 4.535 votos e pau-cigarra- 1.996 votos.

Com 5.124 votos, o Jacarandá foi eleito a árvore-símbolo do município de Ibiúna e uma muda da árvore foi plantada na praça por Muramatsu, Cida, Sandra e Viviane. O ipê amarelo recebeu 4.535 votos e pau-cigarra 1.996 votos. Pouco antes, alunos da escola “Núcleo Clélia Carmelo”, vencedora do concurso “Grito da Paz”, cantaram o rap “Vamos economizar a água”, ressaltando a importância da represa Itupararanga.

Atividades culturais

Diversas apresentações culturais com temas ambientais aconteceram durante todo o dia no palco da Praça Matriz: apresentações do violonista clássico Marcos Xavier; do Coral do Colégio Adventista, do Projeto Guri, da dupla de viola caipira Zé da Viola e Seu Joaquim e do balé clássico da academia de dança Nadja. A locução do evento foi realizada por Fernando Salles Rosa, da Prefeitura de Ibiúna.


Uma “passeata ecológica” que contou com a participação de 600 alunos, professores, ONGs locais e autoridades percorreu o centro de Ibiúna. Neste ato, os estudantes carregaram cartazes e faixas com o tema da APA, com objetivo de chamar a atenção da comunidade local para o tema.

Oficinas de mandala, reciclagem, além de jogos interativos, foram promovidos pelos alunos da UFSCar e da Rede de Educação Ambiental – REA, da UNESP de Sorocaba. As atividades de educação ambiental da UFSCar foram coordenadas pelos professores André Cordeiro e Iolanda Duarte.


A Polícia Militar Ambiental também participou do evento com atividades de educação ambiental que foram conduzidas pelo Cabo PM Marcos Marshal da Silva e o Soldado PM Fabio Alexandre Vieira.

Durante o evento foi também formalizada a renovação da parceria da SOS Itupararanga com a Prefeitura de Ibiúna para realização da Patrulha Náutica na represa Itupararanga.

Colaboração: Sandra Beu

Visitantes Online:

Temos 717 visitantes e Nenhum membro online