Carinhosamente chamados de “beardies” e conhecidos também como Collie de Barba ou Collie Barbudo, estes peludos cães de origem inglesa conquistaram seu espaço na Granja Viana. É aqui que está em atividade o único canil da raça no Brasil.

Alessandra Velasco, granjeira e proprietária do canil, conta que conheceu o Bearded Collie em 2001, através de um guia de raças. "Era simplesmente tudo o que desejava para um cão de estimação – um cão de temperamento equilibrado, companheiro sem ser carente demais, obediente mas com personalidade, e sobretudo extremamente divertido. São palhaços por natureza e não há tempo ruim para um beardie. Os nossos amigos são os seus melhores amigos e é difícil não rir na companhia deles."

São cães de porte médio, com seu tamanho variando entre 51 a 56 cm, sendo as fêmeas no geral um pouco menores do que os machos. Uma de suas características mais marcantes é sua expressão alerta e curiosa. São bastante curiosos e seu olhar e comportamento demonstra isto claramente. Estão sempre dispostos a conferir tudo de novo que passa em seu caminho.

Originalmente usados com cães pastores, são companheiros da família toda e, ao contrário de muitas raças, não costuma escolher um único dono. Cuida de todos, e gosta de ver sua família reunida, como um rebanho.

Precisam exercitar-se, física e mentalmente. Recomenda-se pelo menos 30 minutos de exercícios diários e seu treinamento nunca deve ser repetitivo, pois se entediam facilmente. São muito inteligentes, porém seu espírito mais independente (lembre-se, são pastores e espera-se dos mesmos que trabalhem sob comandos do dono, porém tomem algumas decisões por si só na condução de seu trabalho) requer que seu treinamento seja conduzido pela freqüência, não consecutiva repetição. Quero dizer com isso que ao invés de uma longa sessão de senta ou deita duas vezes por semana, deve-se repetir diariamente, por duas ou três vezes apenas os comandos. Desta forma o bearded collie considerará o treinamento divertido e aprenderá com extrema facilidade. É importante dizer que é uma raça que tem muito prazer em agradar aos seus donos.

A pelagem pode assustar quem vê estes cães pela primeira vez, mas a manutenção não é complicada. A fase mais delicada é dos 9 aos 18 meses, quando trocam o pelo de filhote pelo de adulto. Nesta fase, a escovação a cada 3 dias é necessária, para remoção dos pelos que estão se soltando. Após isto e na fase adulta, uma boa escovação uma vez por semana já é suficiente.

Existem nas cores preta, azul, marrom e areia, com ou sem marcas brancas e com diversas tonalidades, variando por exemplo, na cor preta, do preto intenso ao cinza ardósia.

Para conhecer mais sobre estes exóticos peludos granjeiros acesse www.beardedcollie.com.br

 

Visitantes Online:

Temos 635 visitantes e Nenhum membro online