Construído a partir do diagnóstico feito pelo Hospital Albert Einstein, programa tem o objetivo de tornar atendimento clínico mais rápido e eficiente, transformando a saúde na cidade

Garantir qualidade no atendimento da saúde de Itapevi. Esse é o objetivo do Itapevida, que reúne 20 ações para transformar o atendimento clínico na rede municipal. O programa foi lançado nesta quarta-feira (17), em cerimônia no espaço que abrigará o futuro Centro Integrado de Saúde (CIS) e o Centro de Hemodiálise, na Vila Santa Rita.

"Queremos firmar um pacto com os nossos servidores, guerreiros e guerreiras que levam nas costas a saúde de Itapevi", afirmou o prefeito Igor Soares. "Só assim vamos melhorar o atendimento aos pacientes do município".

Em todo o Brasil, a área enfrenta problemas crônicos, causados pela falta de financiamento adequado e problemas na gestão - que é compartilhada por Estados, municípios e Governo Federal.

O Itapevida é uma resposta da Prefeitura a esses problemas. Ele foi construído a partir do diagnóstico feito pelo Hospital Albert Einstein, que prestou consultoria à administração municipal ao longo de 2018, sugerindo melhorias e aprimoramentos ao setor. O trabalho, que foi realizado entre junho e outubro de 2018, enfatizou a reestruturação do atendimento básico de saúde - que pode, segundo o estudo, resolver até 90% das demandas da população.

Para isso, o Itapevida prevê a criação de novas Unidades Básicas de Saúde, ampliação e construção de Prontos-Socorros, contratação de médicos e uma série de outras medidas pautadas pela humanização do atendimento e pelo fortalecimento do Sistema Único de Saúde.

"Não há como se construir nada sem ouvir o cidadão - esse é o princípio de qualquer projeto", disse o prefeito Igor Soares, ao explicar que o programa é, acima de tudo, fruto da demanda da população itapeviense.

Durante o lançamento do Itapevida, foram entregues quatro novas ambulâncias à população, sendo três destinadas ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e uma ao quadro de suporte das demandas da saúde municipal.

O equipamento se soma aos 13 veículos que passaram a reforçar a saúde do município em março de 2018.
Além disso, a Prefeitura já está fornecendo alimentação nos três Prontos-Socorros de Itapevi - Central, Cardoso e Amador Bueno.

Desde abril deste ano, todos os pacientes, adultos e crianças, que estiverem internados há mais de 12h serão alimentados. Caso o enfermo seja menor de 18 anos, maior de 60, gestante ou incapaz, seus acompanhantes também têm direito às refeições.

Confira as ações previstas pelo Itapevida:

Realizadas
1) Entrega de nova frota de ambulâncias
2) Alimentação nos três Prontos-Socorros

Em andamento
3) Reforma de 10 unidades de saúde
4) Implementação de unidades modelo
5) Criação da Central de Resgates: SAMU, Bombeiros e Defesa Civil
6) Criação de Centro de Hemodiálise
7) Criação do Centro Integrado de Saúde (CIS)
8) Implementação do novo CAPS Infantil
9) Instalação da Farmácia Central na Praça 18 de Fevereiro
10) Criação da nova Unidade de Saúde da Família no bairro Chácara Santa Cecília
11) Entrega da Unidade Móvel de Saúde
12) Contratação de médicos e profissionais de saúde

Em projeto
13) Reforma e Ampliação do PS Central
14) Criação do PS Infantil
15) Construção do novo PS Amador Bueno
16) Construção do novo PS Cardoso
17) Criação de CAPS Álcool e Drogas 24h
18) Atendimento expandido até às 19h nas USF's Vitápolis e Suburbano
19) Construção de UBS na Cohab
20) Construção de UBS no Jardim Briquet

 

Visitantes Online:

Temos 505 visitantes e Nenhum membro online