A Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, e a APAE de São Paulo firmaram parceria para capacitar os profissionais de saúde da rede municipal quanto ao Teste do Pezinho, que deve ser realizado nas crianças logo após o nascimento.

 

A ação atingiu 100 profissionais de enfermagem, que foram capacitados nos dias 14 e 15 de abril. O grupo foi dividido em duas turmas e as oficinas aconteceram no Salão de Eventos da Secretaria de Educação.

O exame é realizado em todas as Unidades Básicas de Saúde e é importante no diagnóstico de doenças metabólicas ou genéticas congênitas. A identificação precoce dessas doenças (fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito e hemoglobinopatias  - traço e doença falciforme) é fundamental para o sucesso do tratamento.

Todos os procedimentos foram explanados por Thábata Rezendre, representante da APAE, e acompanhados pela enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Danielle Rodrigues.

O teste é obrigatório por lei em todo o território nacional. Alguns municípios, inclusive, não permitem que a criança seja registrada em cartório sem a realização do teste.

O Teste do Pezinho identifica doenças que, se não tratadas precocemente, podem levar à deficiência mental e causar outros prejuízos à qualidade de vida.

O exame deve ser realizado na primeira semana de vida da criança. A coleta deve ser feita depois de 48 horas do nascimento.
Um resultado positivo no Teste do Pezinho significa que deverão ser iniciados os procedimentos de orientação e tratamento para impedir que a doença se manifeste.

Da Redação

Visitantes Online:

Temos 900 visitantes e Nenhum membro online