A Secretaria Municipal da Saúde de Cotia, por meio da Vigilância Epidemiológica, está se preparando para a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Todas as crianças menores de cinco anos deverão ser vacinadas no sábado, 14 de agosto.

A vacinação acontecerá das 8h às 17h, em 25 locais. Além das UBS (Unidades Básicas de Saúde), haverá postos volantes nos Supermercados Pedroso, Extra e Wall Mart, além de 10 escolas municipais dos bairros dos Pereiras, Jardim das Oliveiras, Joaquim Pereira da Silva, Silvio Pedroso, Ernesto Benedito de Camargo, Malvina de Castro, Assis José de Oliveira, Jardim Monte Santo, Ildefonso E.M de Brito e Jardim Pioneiro.

Todas as crianças que tiverem entre 0 e 4 anos e 11 meses de idade deverão se proteger contra a poliomielite duas vezes ao ano. Na primeira etapa, realizada em junho, 13.866 crianças receberam a dose, o que representou uma cobertura de 80%.

Mais informações sobre a campanha poderão ser obtidas com a Vigilância Epidemiológica pelo telefone: 4616.9115.

Saiba mais
O Brasil está livre do vírus causador da pólio desde 1989, quando o último caso da doença foi registrado, na Paraíba. Em 1994, o país recebeu da Organização Mundial de Saúde (OMS) o certificado de eliminação da poliomielite. No entanto, enquanto houver circulação do vírus em qualquer região do mundo é necessário continuar com a vacinação, pois há o risco de importação de casos provenientes de países que ainda registram casos da doença, como Paquistão, Índia, Afeganistão e Nigéria.

Oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina contra a paralisia infantil é administrada via oral e está disponível durante todo o ano nos postos de saúde para as vacinações de rotina. No entanto, é importante que todas as crianças menores de cinco anos (de 0 a 4 anos 11 meses e 29 dias) tomem as duas doses da vacina durante a Campanha Nacional, mesmo que já tenham sido vacinadas anteriormente.
A poliomielite é uma doença infecto-contagiosa grave.

Na maioria das vezes, a criança não morre quando é infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada e transmitida por um vírus (o poliovírus) e a contaminação se dá principalmente por via oral.

Da Redação

Visitantes Online:

Temos 857 visitantes e Nenhum membro online