Desde 2006 o projeto da Guarda Civil de Cotia busca fortalecer os jovens contra as drogas, violência e ilícitos.

O Projeto Educando, da Guarda Civil de Cotia, em parceria com a Secretaria de Educação, iniciou as formaturas da 25ª edição do programa que visa o fortalecimento dos jovens contra as drogas, violência e ilícitos. Nesta quinta-feira (29/11), foi dado início às formaturas das turmas que participaram do projeto ao longo do semestre, totalizando mais de 1200 alunos de 5º ano do Ensino Fundamental de 13 escolas municipais. A primeira cerimônia aconteceu na EM Florentina Francisca de Oliveira, no Jardim Samambaia.

A turma foi pequena na unidade escolar, apenas 20 alunos, mas o aprendizado foi grandioso. “Foi uma honra recebermos o Educando em nossa escola. O que fica são ensinamentos para termos alunos mais críticos, mais preparados para enfrentar a vida e deixarem de ser alvos fáceis para as drogas e para a violência”, disse Adriana Scolpe, diretora da escola. O projeto passou por lá pela primeira vez.

O Projeto Educando tem a coordenação dos Guardas Civis Natalina, Kiihl, Renato e Samuel. Eles são os responsáveis pela aplicação do curso aos alunos em encontros semanais. “Além de cumprir o seu papel educativo e de fortalecimento destas crianças, o projeto aproxima as famílias da GCM e cumpre importante papel social”, disse Natalina.

A dona Ivani Gomes de Oliveira, mãe do Witor Miguel (10 anos), disse que ficou muito feliz com a participação do filho do projeto. “Eu não conhecia [o projeto], mas gostei muito. O Witor sempre falava do que aprendia com os Guardas, achei muito bom, porque hoje em dia as drogas se apresentam para crianças cada vez mais novas”, disse.

Sobre o Projeto
O Projeto Educando é uma iniciativa da Secretaria de Segurança Pública que, em parceria com a Secretaria de Educação, realiza um trabalho de orientação aos alunos dos 5º anos sobre prevenção às drogas, malefícios do uso abusivo de bebidas alcoólicas, prevenção à violência, bullying, autoestima, diferenças, direitos e deveres, liberdade, família, entre outros assuntos.

O critério para a escolha das escolas que recebem o curso a cada semestre leva em conta o número de ocorrências relacionadas ao tráfico de drogas na região, além de serem áreas com índices de criminalidade. O projeto existe desde 2006 e já beneficiou 26 mil alunos.

Cronograma de formaturas
29/11 – 9h - EM Florentina Francisca de Oliveira
29/11 – 14h - EM Alydia Scopel Cremonezzi
30/11 – 9h - EM Bairro do Caputera
03/12 – 9h - EM Joaquim Pereira da Silva
04/12 – 14h - EM Jocinéia de Melo
05/12 – 9h - EM Deusnil Gonçalves de Souza
06/12 – 9h - EM Jardim do Engenho
07/12 – 9h - EM Pref. Ivo Mario Isaac Pires
10/12 – 9h - EM CEUC
11/12 – 9h - EM Ildefonço Emiliano de Brito
12/12 – 9h - EM Gaspar de Godói Moreira
13/12 – 14h - EM Candido Pinto
14h/12 – 9h - EM Vitor Gonçalves de Souza

Foto: Divulgação 

Visitantes Online:

Temos 688 visitantes e Nenhum membro online