O GATE foi chamado e após horas de negociação, conseguiu dominar o indivíduo e libertar a vítima

Por volta da 01h da manhã desta sexta-feira(3), policiais militares foram acionados para acompanhar uma ocorrência com refém, na Rua Karan, no Pq. São George.

Segundo a informação, um indivíduo estava mantendo sua companheira refém dentro de casa, armado com uma faca.

Ao chegarem ao local, os policiais tomaram conhecimento que durante a noite o homem foi até a casa da sua ex-companheira e durante sua estadia no local, foi acionada uma viatura porque o mesmo estaria fazendo ameaças. Porém quando a viatura chegou, o indivíduo já havia se evadido. Assim que a viatura deixou o local o homem retornou e desta vez estava armado com uma faca. Ele começou a fazer ameaças e manteve a vítima como refém em um dos cômodos da casa. Como o cômodo era fechado, a vítima e o indivíduo não eram vistos, porém, a vítima gritava dizendo que ele estava com uma faca encostada em seu peito e a enforcava.

Devido a gravidade dos fatos, foi acionada uma equipe do GATE para assumir a ocorrência, já que  o homem estava agressivo e com a faca ameaçava a vítima e não dava sinais de que iria libertá-la.

O GATE então assumiu as negociações, que duraram grande parte da madrugada, até que por volta das 06h os oficiais decidiram fazer uma incursão tática no local. Para isso, explodiram uma parede que dava acesso ao quarto onde a vítima era mantida refém e conseguiram dominar o indivíduo.

A vítima, N.B., de 53 anos, foi socorrida até o Hospital Regional de Cotia onde permanece em observação médica, pois estava com ferimentos provocados pela faca.

O indivíduo, L.DL., de 38 anos, foi encaminhado à Delegacia, onde recebeu voz de prisão, sendo autuado em flagrante pelos crimes de Sequestro e Cárcere privado (art. 148), Homicídio qualificado tentado (art. 121, §2o.), Ameaça (art. 147) e Violência Doméstica (L 11340/06). Foi solicitada perícia técnica no local.

Segundo a polícia, a vítima manteve um relacionamento com o indivíduo por cerca de 7 anos, e vivia separando e voltando. Tinha inclusive medida protetiva referente a outras brigas. O individuo já tinha passagem pela polícia.

Atendeu a ocorrência a viatura da Polícia Militar M-33309, Sd Politano e Sd Mendes, com apoio da viatura M-33312, do comando de força, do CGP, das equipes do GATE e da Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros.

Visitantes Online:

Temos 760 visitantes e Nenhum membro online