A Polícia Militar de Ibiúna foi acionada na manhã desta sexta-feira (04), para atender uma ocorrência de possível roubo a uma chácara.

Segundo populares, vários gritos eram ouvidos em uma região de mata, onde uma pessoa pedia socorro dizendo que estava amarrada.

Ao chegar no local, a equipe da Polícia Militar colheu mais informações na vizinhança e passou a ouvir os mesmos gritos de socorro vindos de um homem. A equipe iniciou varredura pelo local, de difícil acesso e cercado por um córrego.

Após algum tempo de buscas à pé, os policiais se depararam com uma tubulação de escoamento de água e perceberam que os gritos vinham de dentro da tubulação.

Com o uso de lanternas, eles iluminaram o interior das manilhas, percebendo que um cidadão estava preso na parte de cima dos canos, com o corpo para fora da tubulação.

O indivíduo estava com a cabeça presa, e seu corpo quase totalmente soterrado, ficando de fora somente os pés.

Os policiais então perceberam que não se tratava de uma ocorrência de roubo, mas sim, de um acidente.

Imediatamente acessaram a parte superior da tubulação, localizando o ponto onde o cidadão estava preso. Com as próprias mãos, os policiais retiraram a terra que cobria o corpo da vítima. O homem já se encontrava de cabeça para baixo há aproximadamente 12 horas, e estava extremamente debilitado e com risco eminente de vida.

 

Um dos policiais contou à reportagem do Portal Viva que o homem delirava, devido ao tempo que havia ficado de cabeça para baixo, chegando a dizer que "não sabia explicar como tinha ido parar ali" e depois que "tinha sido roubado, amarrado e engessado e não podia se mexer". Os policiais entretanto, suspeitaram que ele sofrera um acidente quando caminhava sentido sua residência, quando a terra cedeu e ele caiu no buraco de ponta cabeça, ficando preso na tubulação embaixo, com o corpo soterrado do pescoço até a parte do joelho, ficando de fora a cabeça e os pés.

Depois de quase uma hora cavando, os policiais liberaram o corpo da vítima e com a chegada do Corpo de Bombeiros, foi possível realizar o içamento dele e consequente transporte ao Hospital de Ibiúna para tratamento.

Atendeu a ocorrência a viatura da PM I-40215, Sd PM Gorgan e Sd PM Glebson, com apoio de demais viaturas da PM, da GCM de Ibiúna, do Samu, do Resgate Municipal, do Corpo de Bombeiros de São Roque e de funcionários do condomínio Recreio Campo Verde de Ibiúna.

Visitantes Online:

Temos 615 visitantes e Nenhum membro online