Menino de 7 anos disse aos guardas que "estava tão feliz que iria voar de felicidade".

No último domingo, 3, guardas civis da equipe C de Romu foram surpreendidos no Pronto Socorro do Atalaia, por um garotinho de sete anos. Ele estava meio debilitado (gripado) e disse aos guardas que gostava muito da Guarda Civil.

Em sua inocência de criança, ele quis saber o significado da caveira nos braçais dos GCMs. Foi explicado o significado do símbolo, e em seguida a equipe de Romu presenteou o garoto com um adesivo. A felicidade da criança foi expressada em um simples gesto: um abraço em toda a equipe. 

Os guardas então perguntaram onde ele colocaria o adesivo, e ele disse que iria guardar para quando ganhasse um videogame, onde o colocaria. 

A equipe, emocionada, então se uniu e conseguiu providenciar um videogame PlayStation 2, com 2 controles e vários jogos. Com apoio do Ivan Artes, os guardas fizeram um adesivo personalizado com o nome da criança, e foram até a residência do pequeno Lucas fazer a entrega. O menino ficou tão emocionado com a surpresa e a presença das viaturas de Romu, que disse aos guardas "que estava tão feliz que iria voar de felicidade". 

"Essa frase nos faz pensar que um pequeno gesto de amor tem a proporção de mudar a vida de um ser humano", disse um dos guardas à reportagem do Portal Viva. "Ele se despediu de nós com um abraço e um "amo vocês". Saímos de lá felizes e realizados, não só por termos feito uma boa ação, mas também pelo reconhecimento do nosso trabalho em prol da população".

Visitantes Online:

Temos 830 visitantes e Nenhum membro online