Por Fau Barbosa

Policiais civis do DP de Cotia prenderam por volta das 15h00 desta terça-feira(8), o homem acusado de ter matado um cabo da PM em Osasco, em agosto de 2015

Segundo os policiais, a morte do Cabo Pereira, do 42ºBPM, ocorrida em um posto de gasolina, teria sido o motivo da chacina em Osasco/Barueri, onde ao menos 20 pessoas morreram e seis ficaram feridas.

A prisão

O delegado de Cotia falou sobre a prisão à reportagem do Portal Viva. Segundo ele, os policiais fizeram a abordagem na Av. Professor Joaquim Barreto, no Atalaia: "O inquérito tramitou pelo setor de homicídios de Osasco. Por meio de investigação, tivemos conhecimento que o indivíduo estaria pela região, tentando se mudar para a cidade. Ele já tinha mandado de prisão preventiva expedido nos autos do processo da morte do policial militar," explicou. "O parceiro dele, conhecido como Biriba, já tinha sido morto em confronto com a Rota".

V.R., de 28 anos, foi levado ao DP de Cotia, onde foi registrada a ocorrência, sendo o mesmo encaminhado à Cadeia Pública, onde permanecerá custodiado à disposição da Justiça.

O crime

No dia 07 de agosto de 2015, por volta das 11h54, dois bandidos armados chegaram a um posto de gasolina, localizado na avenida dos Autonomistas, entraram no local, e dispararam vários tiros contra o Cb PM Pereira, de 42 anos. Em seguida, os dois fugiram. O PM foi atingido por pelo menos quatro tiros.

As imagens da câmera interna de segurança do posto flagraram a ação que terminou na morte do policial militar. Ele era divorciado e deixou um filho de 5 anos.

Visitantes Online:

Temos 759 visitantes e Nenhum membro online