Por volta das 20 horas dessa segunda-feira, uma viatura Gol da Guarda Civil estava parada no Posto D+ localizado na Estrada de Caucaia - no Tijuco Preto, quando dois carros com pelo menos oito elementos, chegaram atirando.

Os dois guardas civis - Anisio e Jucinei estavam em pé ao lado da viatura conversando com o amigo PM Toledo, quando foram surpreendidos pelos tiros.

A VIATURA - UM GOL NOVO - FICOU TOTALMENTE DESTRUÍDA.

MARCAS DE BALAS POR TODA A VIATURA. ELES ATIRARAM PARA MATAR.

Segundo nossa reportagem pode comprovar no local, foram disparados mais de 100 tiros de calibre 12, calibre 380 e fuzil.

MAIS DE 100 CÁPSULAS DE VÁRIOS CALIBRES PODIAM SER VISTAS NO CHÃO.

Há marcas de tiros espalhadas por todo o posto de gasolina, inclusive perto das bombas de combustível.

NEM O PAINEL NO ALTO ESCAPOU DOS TIROS. VIATURA FOI ALVEJADA COM TIRO DE 12.

O PM Toledo foi baleado na cabeça com um tiro de fuzil e morreu. Os dois guardas também foram baleados e socorridos ao Hospital de Cotia.

O Portal Viva esteve lá, e soube do Secretário de Saúde - Dr. Claudio Saraiva, que estava no local, que o GC Anisio estava na emergência, mas estava bem, enquanto o GC Jucinei tinha subido para a cirurgia.

O TIROTEIO

A filmagem das câmeras do posto de gasolina, mostram como foi a ação dos bandidos. Uma pick-up Strada prata chega ao posto com 4 homens na caçamba. Eles já chegaram atirando. Um outro carro, não identificado, chega junto. Pelo menos oito pessoas participaram do crime.

Os Guardas ainda tiveram tempo de revidar, mas foram atingidos. Os bandidos fugiram, e segundo os frentistas do Posto do 39, passaram a toda velocidade por ali. As imagens já estão na delegacia de Cotia para análise e investigação.

Os Guardas pediram ajuda pelo rádio e foram socorridos pela Guarda e levados ao hospital.

A pick-up Strada foi abandonada no Mirante da Mata. Perto dela, a polícia encontrou dois suspeitos que ao serem abordados, correram. A Guarda reagiu e um deles foi morto. Helicópteros da Polícia sobrevoavam a região do Atalaia agora à noite, em busca dos bandidos.

O MOTIVO DO ATAQUE

Várias são as suposições para o ataque sofrido hoje. Segundo o inspetor Adelmo - da GCM da Granja Viana, na manhã dessa segunda-feira, uma equipe do Denarc esteve em Cotia para uma operação para prender três traficantes. Um deles teria sido alvejado e preso, o que pode ter gerado a retaliação.

Outra hipótese, e a mais viável segundo os guardas, é uma retaliação por conta da morte de um traficante na semana passada.

A Polícia Militar e Guarda Civil estão em campana a noite toda para tentar capturar os autores dos disparos que mataram o PM e feriram os guardas civis.

Matéria e Fotos: Fau Barbosa

Visitantes Online:

Temos 534 visitantes e Nenhum membro online