Um dos guardas civis que foi baleado na noite dessa segunda-feira - Jucinei Oliveira - se encontra na UTI do Hospital de Cotia. Ele está entubado, e segundo informações da GCM, os médicos estão tentando tirar a sedação, para ver se ele acorda. Seu estado é considerado grave.

Jucinei foi para a cirurgia após ser baleado com um tiro de fuzil no joelho, e durante a operação sofreu duas paradas cardíacas na madrugada, de acordo com a inspetoria da Guarda de Caucaia.

O GC Anisio V. de Jesus, que também foi baleado, já está fora de perigo. Os guardas foram baleados na região das pernas e costas.

O PM atingido é Kleberson Toledo, de 33 anos. Ele levou um tiro de fuzil na cabeça e foi socorrido no PS de Caucaia onde chegou morto.

PRISÃO E MORTE

Após o crime, foi divulgado na rede de comunicação da GCM e da PM, a descrição dos autores e dos veículos envolvidos.

Nessa madrugada o trabalho em conjunto das policias e da Guarda Civil, em campana, conseguiu prender um dos bandidos - Djalma dos Santos de 48 anos e matou outro - Sergio Freitas, de 24 anos. Segundo o delegado titular - Dr. Severo, ambos tem extensa passagem pela polícia, tendo inclusive já cumprido pena na cadeia de Cotia.

A GCM, a PM - Força Tática e um helicóptero Aguia 4 participaram das buscas durante a noite e madrugada.

Após localizar os veículos Fiat Strada e Palio Weekend, os PM´s iniciaram patrulhamento na rua Nova Odessa, no Jardim Lavapés, onde observaram três indivíduos suspeitos. Um deles foi preso, outro fugiu e um terceiro adentrou uma residência. A polícia abordou a moradora da casa, que informou que não havia ninguém ali, além dos familiares. Percebendo o nervosismo da moradora, os PM´s pediram para entrar, e dentro da casa se depararam com um indivíduo de cor parda e de bermuda. Houve troca de tiros, e o homem foi baleado e encaminhado ao PS do Atalaia, onde morreu. No bolso da bermuda, 11 munições de calibre 38.

O outro indivíduo preso - Djalma - já é velho conhecido da polícia cotiana. Segundo informações colhidas, em 2001, quando houve uma fuga da cadeia de Cotia, ele saiu pela porta da frente, no chamado "Cavalo Dóido", fazendo como refém um escrivão da delegacia. De acordo com o delegado Dr. Severo, Djalma cumpria pena de 12 anos.

APREENSÃO DE VEÍCULOS E ARMAS

Dois veículos foram aprendidos na madrugada, perto de uma torre de transmissão de telefonia celular, na região do Atalaia: um Fiat Strada prata, e um Palio Weekend cinza, ambos com placa de São Paulo, e sem registro de roubo.

Dentro do veículo Fiat Strada, foram encontrados pares de luvas, um cartucho de 12 deflagrado, um cartucho de 9mm íntegro, dois cartuchos de ponto 40 íntegros e três estojos também de calibre ponto 40.

Dentro do Palio weekend - de chassi adulterado - foi encontrado uma arma calibre 38 marca Taurus, com quatro cápsulas deflagradas e duas intactas.

Foram apreendidas ainda as seguintes armas:

- Uma metralhadora marca Taurus, modelo FAMAE e calibre 40, de propriedade da PM, e um carregador de metralhadora 9mm com 22 munições íntegras.

- Um escudo balístico (colete), de propriedade da PM.

- Duas pistolas ponto 40 de propriedade da PM.

- Várias cápsulas deflagradas de 380 e 9mm.

Foram ainda apreendidos com os indivíduos, dois revólver de calibre 38 com numeração suprimida.

O TIROTEIO

A filmagem das câmeras do posto de gasolina, mostram como foi a ação dos bandidos. Veja as fotos e matéria completa clicando aqui.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Central de Cotia, com o apoio do setor de investigações gerais da Seccional de Carapicuíba.

Matéria e fotos: Fau Barbosa

Visitantes Online:

Temos 475 visitantes e Nenhum membro online