Pessoas interessadas em debater os problemas de segurança na Granja Viana se reuniram nessa terça-feira, no restaurante Félix Bistrot, na Granja Viana. O tema, que está preocupando muita gente ultimamente, foi abordado na 50ª reunião do grupo Think Tank.

O assunto, que envolve governo federal, governo estadual e as três policias, sempre gera polêmica, e tem pouca ou nenhuma chance de ser resolvido à curto prazo. Mas e nós, comunidade, o que podemos fazer para tentar mudar isso, já que essa é uma área que não se conhece o limite de ação, devido ao ineficaz aparelhamento da Polícia, seja falando de efetivo como de recursos?

O encontro trouxe formadores de opinião da região, como o coronel da reserva Luis Fernando, o professor João Farah, o vice-diretor do Ciesp José Vasconcelos, o ambientalista Marcelo Torres, a diretora de assuntos comunitários do Conseg da Granja e diretora do Portal Viva - Fau Barbosa e a membro do Transition Towns Granja Viana e diretora do Site da Granja - Thereza Franco, além de Ulhoa Cintra, presidente do Think Tank Granja Viana.

O coronel Luis Fernando falou sobre a segurança em Cotia e sugeriu como a sociedade pode agir para tentar ajudar. "Olhar primeiro para si e ver o que podemos fazer", disse. Ele abordou qual o interesse da polícia em resolver os problemas e qual o interesse da população em ajudar para esses problemas sejam resolvidos.

Um estudo apresentado por Luis Fernando, mostrou que os índices de criminalidade na cidade estão caindo, porém a sensação de insegurança continua. Foi também levantado o problema da falta de união das três forças policiais (PM, Civil e Guarda). "Eles trabalham juntos, mas não trabalham em conjunto", disse.

GRÁFICO MOSTRA A QUEDA NA CRIMINALIDADE EM COTIA

Ficou claro que "meios e gente", nós nunca teremos o suficiente. Mas o grande problema é a falta de atitude. As policias precisam andar unidas e não paralelamente. Tem de haver confiança e comprometimento na responsabilidade coletiva, com foco no resultado.

A sugestão apresentada ao grupo foi que a sociedade se una para ajudar as autoridades cotianas. "Ver o que eles precisam para trabalhar melhor e o que a sociedade precisa para se sentir segura", disse. Foi sugerido colocar um 0800 em toda a polícia, para que as denúncias funcionem, já que a população menos favorecida nem sempre tem condições de pagar a ligação. Outro ponto levantado foi o problema social na cidade, que precisa ser enxergado e trabalhado.

Ao final da reunião, foi decidido pela criação de um grupo de discussão na internet, para debater as questões relativas ao que se pode fazer de "grande" para se mudar a segurança na cidade. Alguns questionários respondidos pela comunidade ao grupo Think Tank serão tabulados e discutidos.

A idéia é fomentar um debate com a sociedade, e a partir dele buscar soluções que melhorem o problema. Quem quiser participar, será benvindo!

Fau Barbosa

Visitantes Online:

Temos 657 visitantes e Nenhum membro online