Por Fau Barbosa

Na tarde desse sábado(9), os dois Guardas Civis que haviam sido indiciados por homicídio e cuja prisão havia sido decretada na sexta-feira(8) pela manhã, foram postos em liberdade.

Na tarde de ontem, a Secretaria de Segurança de Cotia entrou com pedido de relaxamento de prisão em flagrante junto ao Fórum de Cotia, porém o mesmo foi negado pelo juiz, que decretou a prisão preventiva.

O Departamento jurídico da Secretaria de Segurança de Cotia, na manhã desse sábado, entrou com pedido de Habeas Corpus no Tribunal de Justiça de São Paulo, o qual foi concedido por volta das 14h00 desse sábado.

Os dois Habeas Corpus concedidos pelo Desembargador do Tribunal de Justiça de SP

"O Habeas Corpus foi concedido na tarde desse sábado pelo Desembargador do Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça de SP, Silmar Fernandes", informou o Secretário de Segurança, Major Ricardo Secomandi ao Portal Viva.

Segundo os advogados, os guardas responderão o processo em liberdade e caso durante as audiências ficar provado que agiram em legítima defesa, conforme alegam, o processo será encerrado. Caso contrário, os dois guardas civis irão à júri popular.

Várias viaturas da Guarda Civil estiveram no DP de Cotia acompanhando os trâmites para a liberação dos guardas.

Os dois saíram escoltados pelos companheiros de farda, em caravana, até a base da GCM, em Cotia, onde foram recebidos por outros guardas.

Entenda o caso:

Ladrão morre em troca de tiros com a Guarda Civil ao lado da Prefeitura.

Guardas civis que mataram bandido são presos em flagrante por homicídio.

Fotos: Fau Barbosa

Visitantes Online:

Temos 751 visitantes e Nenhum membro online