Sexta, 19 Dexembro 2014

Você está em: Cidade Cidade Novos radares fiscalizam velocidade, documentação e rodízio.

Novos radares fiscalizam velocidade, documentação e rodízio.

AddThis Social Bookmark Button

Acabou a moleza. A Secretaria de Estado dos Transportes de SP, vai implantar até o final de março, 41 radares “inteligentes” em 30 rodovias do Estado. Os aparelhos terão a capacidade de identificar os veículos que estão com o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) em atraso.

Mas não é só isso. Além da falta de pagamento do IPVA, o aparelho conhecido como LAP (leitura automática de placas) verifica a velocidade do veículo e se ele está devidamente licenciado. O IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) está fazendo os testes, supervisionados pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem). Concluídos esses testes, os radares serão instalados de uma vez só, com um investimento (contrato de 15 meses) em torno de R$ 7 milhões.

ONDE JÁ ESTÃO INSTALADOS OS RADARES INTELIGENTES

Cinco novos radares com tripla função (fiscalizar limites de velocidade, a documentação dos veículos e ainda o rodízio municipal), já estão funcionando em SP, interligados a uma base de dados da Polícia Militar, Prefeitura e Governo do Estado. Assim fica mais fácil registrar todas as infrações.

Os pontos que já tem o radar inteligente são: Avenida Cidade Jardim, Rua Teodoro Sampaio e Avenida Nove de Julho. Os equipamentos - bem parecidos com os comuns - já estão funcionando e multando.

RAPOSO TAVARES

Na Raposo Tavares, um radar desses está sendo instalado no km 35, próximo ao posto da Polícia Rodoviária.

A cidade de São Paulo tem 452 radares. Do total, 119 têm a tecnologia de leitor automático de placas. No ano passado, os radares aplicaram três milhões de multas na capital.

Fau Barbosa

Adicionar comentário

AVISO: Serão moderados todos os comentários que apresentarem qualquer tipo de conteúdo ofensivo ou provocações, palavrões, palavras de baixo calão, e material obsceno. O prazo para publicação dos comentários é de até 72 horas. Não serão aceitos comentários com fins comerciais nem políticos. Os comentários postados aqui não refletem necessariamente a opinião do Portal Viva e são de inteira responsabilidade de seus autores.


Código de segurança
Atualizar