top of page

Carapicuíba: Polícia Militar dá apoio em cumprimento de mandado de Reintegração de Posse


Na manhã desta quarta-feira, 25, a Polícia Militar apoiou o Poder Judiciário na realização da reintegração de posse na Vila Municipal, em Carapicuíba. A área pertence à 2ª Cia do 33º Batalhão da Polícia Militar Metropolitano (33º BPM/M).

A ação teve início por volta das 6h e aconteceu em cumprimento ao Mandado nº 1011033- 45.2021.8.26.012, em favor da Prefeitura de Carapicuíba.

A área que foi reintegrada possui cerca de 5.000 m² (cinco mil metros quadrados), e era ocupada por aproximadamente 1.250 pessoas, distribuídas em cerca de 449 (quatrocentos e quarenta e nove) imóveis em alvenaria. Todas essas famílias tiveram o cadastro realizado pela Prefeitura de Carapicuíba. A Secretaria de Assistência Social deu todo o apoio necessário aos moradores.


Por volta das 14h, a Polícia Militar reintegrou toda a área especificada na ordem judicial, e graças ao grande aparato policial empenhado, realizou com sucesso a segurança de todos os envolvidos. A Polícia Militar continuará dando apoio à Prefeitura em todo o período da demolição dos imóveis desocupados.

Deram apoio à reintegração de posse as unidades especializadas da Polícia Militar como Helicóptero Águia, 5° Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP), Policiamento Ambiental, Policiamento do Choque, Força Tática dos Batalhões PM de Carapicuíba, Osasco e Barueri, 6º Batalhão de Polícia Rodoviária e Corpo de Bombeiros, além do apoio dos órgãos da prefeitura de Carapicuíba como a Secretaria de Habitação, Assistência Social, Saúde, Guarda Municipal e o Órgão de Trânsito Municipal.

"Graças ao planejamento técnico operacional prévio realizado e o empenho dos policiais militares, a operação transcorreu com sucesso e sem maiores incidentes.

A integração entre os órgãos e a clareza das ações de todas as partes foi decisiva para o desfecho positivo da reintegração, assim garantindo o maior bem jurídico do ser humano, que é a vida, e também o cumprimento da lei de maneira pacífica e tranquila", disse a Polícia Militar em nota à imprensa.


160 visualizações
bottom of page