top of page

Carapicuíba: Dono de bar é morto a facadas por um cliente, por causa de música


Um pedreiro de 62 anos que mora no mesmo bairro é o principal suspeito do crime


Fau Barbosa


Um homem de 51 anos foi morto na madrugada da última segunda-feira,4, em um bar na Rua Farezin, no Jd. Angélica, em Carapicuíba.


Por volta das 00h25, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência e ao chegarem ao local, os policiais encontraram o dono do bar com as costas no chão, apresentando visíveis sinais de ferimento provocado por arma branca (faca) na região do tórax. No local a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros constatou o óbito da vítima.


Os policiais fizeram diligências no sentido de localizar, deter e dar voz de prisão ao autor do crime, o qual foi identificado como sendo morador do mesmo bairro. Ele não foi localizado em sua casa, inclusive sua residência estava trancada, com as luzes apagadas e sem nenhum sinal de sangue, aparentando que o mesmo sequer tivesse passado ali após o crime. Não foram verificadas câmeras de monitoramento no comércio, porém em frente ao local do crime havia uma câmera que pode ter captado as imagens do ocorrido e ajudar a Polícia a desvendar o crime.


Testemunhas

Uma testemunha contou à Polícia que é cliente do bar e conhecia a vítima, assim como o autor do crime, que já estava no bar há pelo menos duas horas. O indivíduo estava em pé no balcão e teria começado a discutir com o proprietário por causa de uma música do Amado Batista que tocava no aparelho do bar. O dono saiu de trás do balcão para conversar com o cliente quando o homem puxou o proprietário para perto dele, tirou da cintura uma faca tipo peixeira e já deu pelo menos quatro golpes, que atingiram a vítima na região do tórax e pescoço.


O proprietário caiu e o indivíduo simplesmente foi embora levando a peixeira consigo e não sendo detido por ninguém. Os clientes tentaram socorrer o dono do bar, porém ele não resistiu.


A Autoridade Policial plantonista determinou que fosse solicitada perícia para o local dos fatos.


O caso foi registrado no 1ºDP de Carapicuíba, como " Homicídio (art. 121) § 2º - Se o homicídio é cometido: II - por motivo fútil".



109 visualizações

留言


bottom of page