Carta mensal do Projeto Âncora


Carta do mês de setembro de 2020

No dia 23 de setembro o Projeto Âncora fará 25 anos, foi este o dia em que, na garagem da casa dos fundadores, um grupo de amigos e vizinhos redigiu o primeiro estatuto. Naquele momento trocávamos o nome de Cidade Âncora para Projeto Âncora.

Passadas mais de duas décadas, concluído o projeto, está na hora de fazer a cidade sonhada.  Neste dia 23 de setembro pretendemos fazer a assembleia que decidirá o futuro do Âncora. Não mais um projeto, mas uma cidade, não mais apenas para crianças, mas para todos. Como diz o primeiro documento escrito em 1994 para defender a missão da entidade:  “É necessário querer transformar as cidades, lutar contra as forças que as tornam injustas. A Cidade Âncora quer ser imagem de cidade autêntica, que recebe todos como cidadãos: velhos e crianças, mulheres e homens, pretos e brancos, pobres e ricos, que participarão da sua construção e gestão. Lugar no qual os dons de cada um serão bem vindos, incentivados e colocados a serviço de toda a comunidade.”  Com experiência e uma grande rede de entusiastas, chegou a hora de colocar mãos à obra e construir a cidade que queremos e precisamos, democrática, sustentável e para todos.  Quer ser um cidadão dessa cidade? Pode chegar, os portões estarão abertos. Em breve enviaremos o mapa da Cidade Âncora. 


Regina Machado Steurer

Fundadora e Conselheira

Projeto Ancora