Caucaia: Após abordagem, equipe de Baep apreende armas dentro de sítio


Um suspeito atirou contra os policiais e foi preso em flagrante.

Por volta das 01h30 da madrugada desta terça-feira(4), policiais militares faziam patrulhamento pela Estrada de Caucaia do Alto quando avistaram um indivíduo caminhando. Tão logo ele percebeu a aproximação da viatura, desviou repentinamente o curso buscando abrigo em um recuo da estrada.


Estranhando tal atitude e havendo a suspeita de que ele poderia ser procurado da Justiça ou que portasse algo ilícito, os policiais decidiram abordá-lo. Na busca pessoal, nada foi encontrado. Ao ser questionado sobre o motivo de ter demonstrado inquietação com a presença policial, o indivíduo disse que tentou evitar se aproximar da viatura pois já tinha passagem pela polícia por roubo. Ele contou que “ia buscar uma droga” (sic), pois era usuário de cocaína. Os policiais passaram a fazer perguntas referentes à armas e o indivíduo disse que conhecia um rapaz que tinha armas ilegais, levando os policiais até um imóvel na Estrada Inhambuca.


Segundo a Polícia, ao chegarem lá, a equipe deparou com um indivíduo na porta da propriedade, com uma espingarda na mão. O portão estava aberto, e ao perceber a presença da viatura, ele empreendeu fuga para dentro da propriedade, sendo perseguido pelos policiais. Como a propriedade era ampla, foi feitra uma varredura nas diversas edificações no terreno. O indivíduo abordado na Estrada de Caucaia mostrou aos policiais onde ficava a casa do suspeito.


Troca de tiros e negociação

Como a propriedade estava com as luzes acesas, a polícia cercou o local e passou a negociar com o indivíduo que pediu que aguardassem, pois iria vestir suas roupas para sair. Porém, no mesmo instante, foi ouvido barulho de acionamento da espingarda e três disparos foram feitos na direção dos policiais, que imediatamente se abrigaram e revidaram.


A equipe então passou a tentar negociar a rendição do indivíduo, porém, passados alguns minutos, o suspeito permanecia calado, sem responder as tentativas de diálogo. Como os policiais não sabiam se ele havia sido atingido, voltaram a tentar contato porém ele se recusava a dialogar. Em determinado instante, os policiais novamente ouviram o barulho dele recarregando a arma e para evitar novo confronto, usaram uma técnica menos letal, com lançamento de munição química (gás lacrimogênio) para fazer com que ele deixasse o imóvel.


A rendição

Conforme previsto, minutos depois o indivíduo deixou o imóvel com as mãos para cima, sendo então rendido e algemado. Mesmo com ele afirmando que não havia mais ninguém no imóvel, os policiais resolveram entrar e verificar o local. A arma utilizada estava carregada, no chão, atrás da porta. Atrás do armário do quarto os policiais localizaram outras armas e munições.


Foram apreendidos: 01 granada Condor GL300 hiper deflagrada; 14 munições (2 cartuchos de calibre 12 íntegros; 3 cartuchos de calibre deflagrados; 3 cartuchos de fuzil 556 deflagrados e 6 munições de calibre 22 íntegras); 01 carregador de munições calibre 22 vazio; 01 Carabina Rossi calibre 28; 01 Carabina CBC - Calibre 22 e 01 Espingarda CBC - Calibre 12. O local foi isolado para o trabalho da perícia.


A ocorrência foi registrada no DP de Caucaia do Alto, pelo delegado titular Dr. Marcos Vinicius Loreto de Abreu. O homem, de 48 anos, foi preso em flagrante por "Posse irregular de arma de fogo de uso permitido (Art.12) - L 10826/03 Estatuto do Desarmamento" e "Resistência (art. 329).


Atenderam a ocorrência as viaturas do 5º Pelotão do BAEP.