Central de Resgate começa a funcionar no final deste mês em Itapevi


Serviço centraliza, em um único lugar, Defesa Civil e SAMU, além de contar com inédita estação do Corpo de Bombeiros na cidade

Uma estratégia ousada e planejada com foco no bem-estar e na vida da população. É assim que a Prefeitura pensou ao criar a inédita Central de Resgate, com mais 1,8 mil metros quadrados, localizada na Rua Professor Dimarães Antonio Sandei, 264, na Cidade Saúde. O serviço reúne, em um único endereço, diversos equipamentos públicos essenciais de urgência e emergência para o cidadão.

Na Central de Resgate funcionarão o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e o SAMU Regional Oeste Itapevi (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), sete dias da semana, 24 horas por dia. Serão mais de 110 profissionais envolvidos em ações de segurança e proteção à vida e à saúde do itapeviense.

As obras de adaptação do local foram iniciadas no ano passado e concluídas em maio deste ano. Os serviços devem entrar em funcionamento já na última semana deste mês. Todas as melhorias foram realizadas com recursos da Prefeitura.  

A vinda do Corpo de Bombeiros, com 15 bombeiros e previsão para chegar ao efetivo de 22 profissionais, foi proporcionada após convênio firmado entre a Prefeitura e o Governo do Estado de São Paulo. A equipe contará com dois veículos: um caminhão tradicional auto bomba para combater incêndios e uma caminhonete de salvamento.

A unidade será subordinada ao 1º Subgrupamento de Bombeiros do 18º Grupamento de Bombeiros em Barueri e terá como comandante o 1º tenente PM Renato Cares De Favari. Em breve atenderá pelo telefone 193, a partir do início da instalação dos telefones.

“Agora todos os serviços de resgate estarão na região central, possibilitando atendimento rápido e ágil para todos os cidadãos do município”, afirma o prefeito Igor Soares.

“Garantiremos maior eficácia no atendimento às ocorrências e daremos menor tempo de resposta. Quando tínhamos incêndio, por exemplo, dependíamos do Corpo de Bombeiros de Cotia e de Barueri. Agora teremos melhor infraestrutura e a nova equipe local poderá fazer os atendimentos necessários”, completa.

As três corporações vão ter espaços próprios, como salas administrativas, almoxarifados, banheiros, centrais de atendimentos, entre outros.

Foto: Felipe Barros ExLibris PMI