Cidade Âncora: Carta do mês de Dezembro


Escrevo a poucos dias do final de 2020, ano que ficará marcado na história da humanidade para sempre.

Ano que também marcou o Âncora, que de Projeto virou Cidade, como projetado desde sua fundação. Em 1994 começamos a desenhar uma micro cidade de 9 mil m2 para que crianças e jovens pudessem aprender a ser cidadãos conscientes de seus direitos e deveres para multiplicar o aprendizado nas famílias, comunidades e escolas. Foram 25 anos intensos, construímos uma marca sólida e uma grande rede de amigos e colaboradores, adquirimos experiência, colecionamos prêmios e reconhecimento como entidade do 3º Setor, como Escola e, mais recentemente, como Ponto de Cultura. A Pandemia e a crise financeira, que nos obrigou a diminuir a velocidade, foi oportunidade para fazermos mudanças de rumo há algum tempo já necessárias. A mais importante delas na busca da auto sustentabilidade. Cercados de amigos, conselheiros e parceiros, assessorados por advogados, contadores, comunicadores, planejadores e educadores, todos pro bono, temos trabalhado incansavelmente para reabrir a Cidade Âncora em 2021. O Âncora tem recursos valiosos, um espaço de 9 mil m2, 2.300 m2 de área construída, biblioteca de 6 mil livros, circo/teatro para 300 pessoas, quadra poliesportiva coberta, uma hospedaria e enorme área verde. Isso tudo precisa estar a serviço da sociedade. E agora, 24 h por dia, todos os dias da semana, com feira livre no finais de semana, espetáculos de teatro, circo, dança, shows, uma escola de esportes para pagantes e bolsistas, o Quintal Educativo para crianças pequenas, hortas, restaurante escola, padaria escola, um hostel recebendo visitantes do Brasil todo, feiras literárias, espaço para trabalhar e estudar remotamente e mais uma infinidade de atividades. Uma cidade viva e plural, que não para, que recebe a todos, independente de idade, credo, ideologia e classe social. Uns ajudando os outros. Sendo um exemplo para inspirar e formar cidadãos e cidadãs que possam fazer melhores suas comunidades e cidades. No dia 01/12, no Dia Internacional do Doar, lançamos um convite àqueles que queiram ser Cidadãos e Cidadãs Fundadores/as da Cidade Âncora, será seu presente de Natal para o Âncora e todos que poderão dele se servir. Contamos com você! Acesse e se torne um de nós: https://linktree.com/fundadorancora Que possamos caminhar para um futuro sem polarizações, sem mentiras, com maturidade política, com respeito a todos os seres humanos, com respeito à nossa casa comum e com vacina para podermos nos encontrar e nos abraçar. Agradecemos em especial àqueles que durante esse ano colaboraram para que o Âncora virasse Cidade e chegasse ainda mais perto de seu propósito fundador. Que seu Natal seja de esperança e alegria e que a passagem do Ano traga um verdadeiro Novo ano. Sempre forte e grato abraço.

Regina Machado Steurer

Fundadora e Conselheira

Cidade Âncora